Sexta, 04 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Operação Transparência apreende 462 diamantes


12 Julho de 2020 | 14h03 - Actualizado em 13 Julho de 2020 | 12h50

Diamantes Foto: Pedro Parente

Dundo - As forças de Defesa e Segurança apreenderam, nos últimos dois meses, 462 pedras de diamantes na província da Lunda-Norte, no âmbito da "Operação Transparência".


Dos diamantes apreendidos, duzentos (46, 8 quilates) estão avaliados em 9 milhões de dólares norte-americanos, enquanto os outros 262 estão por se avaliar, indica um relatório da Delegação do Interior na província da Lunda Norte, a que Angop teve acesso hoje (domingo).

No decurso desta operação, foram também apreendidos 74 mil e 900 dólares norte-americanos, 540 mil e 500 kwanzas, 34 mil e 500 dólares norte-americanos (falsos), entre outros meios utilizados para a exploração ilegal de diamantes.

A "Operação Transparência" visa combater o tráfico ilícito de diamantes e a imigração ilegal.

Em 2019, no quadro dessa operação, 6.579 pedras de diamantes (por avaliar), 19 viaturas e 275 mil dólares norte-americanos foram apreendidos, bem como detidos 147 mil e 379 cidadãos estrangeiros em situação migratória irregular.

Foram, igualmente, encerradas 96 igrejas, sendo 54 por exercício ilegal da actividade religiosa e 24 por falta de instalações condignas para a realização de cultos, 107 estabelecimentos comerciais, por falta de requisitos para o exercício da actividade.

As infracções registadas, no quadro das transgressões administrativas, renderam aos cofres do Estado 16 milhões, 543 mil e 420 kwanzas.