Sexta, 27 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

SIC detém traficantes de marfim e minerais


15 Outubro de 2020 | 09h35 - Actualizado em 15 Outubro de 2020 | 09h35

Luanda - Um grupo de quatro cidadãos angolanos, que se dedicava ao tráfico de marfim e mineiros estratégicos, foi detido nessa quarta-feira, no município do Cazenga, em Luanda, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC).


   Os traficantes, com idades entre os 36 e 64 anos de idade, foram detidos na via pública no distrito do Kicolo, em posse de 11 troféus de marfim bruto e 35 quilograma de quartzo (mineral).

   As detenções foram feitas por operativos da Direcção Central de Combate ao Tráfico Ilícito de Pedras, Metais Preciosos e Crimes Contra o Ambiente, segundo declarações à ANGOP do director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Serviço de Investigação Criminal (SIC), superintendente Manuel Halaiwa.

     De acordo com o oficial da corporação, está em curso diligências para se determinar a origem do marfim e dos minerais, bem como dados para a busca da verdade.

  Informou, ainda que os quatro cidadãos implicados serão presentes  ao Ministério Público para legalização da detenção.

   Estes actos são puníveis na lei sobre a Criminalização das Infracções  Subjacentes ao Branqueamento de Capitais, contido no Artigo 33, da Lei nº3/14 de 10 de Fevereiro.

A propósito, a jurista Sandra Macedo lembrou, que no artigo 33º, ponto 2, refere que os crimes ligados ao transporte e posse de espécies da fauna e floras legalmente protegidas são punidos com uma pena de prisão de seis meses a três anos e uma multa de 60 e 360 dias.