Quinta, 03 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

PR considera Luther Rescova "patriota dedicado"


12 Outubro de 2020 | 15h21 - Actualizado em 12 Outubro de 2020 | 15h23

Luanda - O Presidente da República, João Lourenço, considerou prematuro o desaparecimento físico de Sérgio Luther Rescova, um grande filho de Angola e um patriota dedicado à causa do desenvolvimento do país.


No livro de condolências aberto hoje, por ocasião do falecimento de Sérgio Luther Rescova Joaquim, Governador da província do Uíge, o Chefe de Estado angolano apontou-o “como um grande líder juvenil, docente universitário, parlamentar e Governador de província”

Ressaltam nele, escreveu o Presidente João Lourenço no livro de condolências, as qualidades de homem íntegro, estudioso dedicado, trabalhador e profundamente tolerante.

“Com estas qualidades reconhecidas pela sociedade angolana, com certeza que o futuro lhe reservava um lugar relevante”, sublinhou o Chefe de Estado.

Segundo o Presidente João Lourenço, “para os nossos jovens, para a sociedade no geral, Luther é dos melhores exemplos de ascensão de um jovem na vida política e profissional”.

Por último, o Presidente da República transmitiu à família enlutada os mais profundos sentimentos de pesar, em seu nome, no da sua família, do Executivo e do MPLA.

João Lourenço já havia expressado, sexta-feira, em nota de condolências, e domingo, na sua conta no Twitter, profundo pesar pela morte do Governador da província do Uíge, Sérgio Luther Rescova Joaquim.

Sérgio Luther Rescova Joaquim, de 40 anos de idade, vai a enterrar nesta segunda-feira, em Luanda, numa cerimónia reservada.

O governador faleceu sexta-feira, na clínica Girassol, em Luanda, depois de ter sido transferido de emergência da província do Uíge.