Sexta, 04 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Expulsos 401 cidadãos da RDC


21 Outubro de 2020 | 17h35 - Actualizado em 21 Outubro de 2020 | 17h34

Ilustração da COVID-19 Foto: Divulgação

Mbanza Kongo - Quatrocentos e um cidadãos da República Democrática do Congo (RDC) foram detidos e expulsos, nos últimos sete dias, pela Polícia de Guarda Fronteira na província do Zaire, por violação da cerca sanitária nacional.


Em comunicado de imprensa enviado esta quarta-feira, à ANGOP, em Mbanza Kongo, o Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional indica que os imigrantes ilegais foram repatriados através dos postos fronteiriços do Luvo, Nóqui, Kinsende, Ntoyo, Buela e Luango.

Semanalmente, centenas de cidadãos estrangeiros deste país vizinho têm sido detidos pelas forças de segurança, destacadas ao longo da fronteira, por violarem o perímetro fronteiriço.

A província do Zaire, norte de Angola, partilha 310 quilómetros de fronteira com a RDC, sendo 120 quilómetros terrestres e 190 quilómetros de fronteira fluvial (rio Zaire).