Terça, 24 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

MPLA enaltece melhorias nos transportes


30 Outubro de 2020 | 03h07 - Actualizado em 30 Outubro de 2020 | 03h07

João Lourenço, Presidente do MPLA, discursa na IV Sessão Ordinária do Comité Central Foto: Clemente dos Santos

Luanda - O Comité Central do MPLA enalteceu, quinta-feira, os esforços do Executivo angolano na implementação de projectos conducentes à melhoria dos serviços de transportes públicos.


A informação consta do Comunicado Final da IV reunião ordinária do Comité Central do partido no poder em Angola.

Aquele órgão de direcção do MPLA considerou os transportes e as vias de comunicação partes da execução do programa de governo e da estratégia de fomento do crescimento económico, bem como da produção nacional e internacionalização da economia.

O encontro, orientado pelo Presidente do MPLA, João Lourenço, recomendou maior celeridade na execução de projectos com impacto directo na vida das populações.

Na mesma reunião, foi apreciado o relatório de implementação do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), que visa impulsionar o desenvolvimento económico, o aumento da oferta e melhoria dos serviços públicos a nível local e o reforço da descentralização e desconcentração administrativa.

De igual modo, os participantes recomendaram ao Executivo maior rigor na aprovação dos projectos ligados ao PIIM e no apoio técnico e fiscalização das obras, visando a resolução local dos problemas económicos e sociais dos munícipes.

Comité Central condena actos de
vandalismo


O Comité Central do MPLA condenou "veementemente" os actos de vandalismo e desacato na via pública, ocorridos no passado sábado, em Luanda, e que resultaram na destruição de bens públicos e privados.

A propósito, aconselhou o povo e os jovens, em particular, ao contínuo respeito à Constituição, à Lei e às normas de convivência.

O órgão de direcção do partido no poder em Angola, recomendou, também, que a sociedade denuncie e se demarque de apelos "populistas e demagógicos" que fomentem a desordem e a instabilidade, com fins inconfessos.

Incentivou os militantes, amigos e simpatizantes do MPLA e das organizações feminina (OMA) e juvenil (JMPLA) a pautarem por uma postura exemplar de disciplina, tolerância e de unidade de acções e que se abstenham de provocações.

Cumprimento das medidas contra a Covid-19

Ainda segundo o comunicado, os participantes manifestaram sentimentos de pesar às famílias que perderam entes queridos vítimas da Covid-19 e exortaram ao cumprimento das medidas de prevenção e de biossegurança recomendadas pelas autoridades sanitárias.

De acordo com o comunicado, os membros do Comité Central do MPLA encorajaram o Titular do Poder Executivo a prosseguir com a implementação da estratégia de combate à pandemia.

MPLA convoca congresso para 2021

O Comité Central convocou o VIII Congresso Ordinário, desta  força política, para o período de 9 a 14 de Dezembro de 2021, sob o lema "MPLA por uma Angola mais desenvolvida, democrática e inclusiva".

A reunião aprovou os planos anual e de eventos, bem como o orçamento do MPLA para o próximo ano.

Apelou a um maior engajamento para o êxito do processo assembleário de preparação do VII Congresso da sua organização feminina, a OMA, marcado para Março de 2021.

Efemérides

Nos termos do Comunicado Final, o Comité Central do MPLA reforçou o apelo aos angolanos a celebrarem o 45° aniversário da proclamação da independência nacional, que se assinalá-la a 11 de Novembro, observando as medidas de biossegurança e a absterem-se de práticas susceptíveis de pôr em causa a saúde individual e colectiva.

Os participantes felicitaram o 75° aniversário da fundação da ONU, assinalado a 24 deste mês, reconhecendo os esforços da organização mundial na promoção da paz e segurança, do desenvolvimento sustentável e da defesa dos direitos humanos.