Terça, 01 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Quilengues tem 210 quilómetros de estradas por recuperar


21 Agosto de 2020 | 08h37 - Actualizado em 21 Agosto de 2020 | 08h36

Huíla: Troço Quilengues - Chongorói, EN 105 Foto: Morais Silva

Quilengues - Pelo menos 210 quilómetros de vias secundárias que ligam a sede municipal de Quilengues às comunas do Dinde e Impulo, província da Huíla, devem ser integrados em programas de recuperação de estradas em 2021.


Em declarações à Angop, o administrador municipal de Quilengues, Adriano Pedro, afirmou que as referidas vias estão “muito degradadas” e constituem uma preocupação, pois dificultam a circulação de pessoas e a transportação de mercadorias.

Da malha de 260 quilómetros com necessidade de intervenção, apenas a que liga a sede do município com a povoação de Camulemba (50 KM) está em execução, por via do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), frisou.

A título de exemplo, declarou que só para percorrer 40 quilómetros de estrada em automóvel, nas referidas vias, faz-se mais de uma hora, inibindo que camiões se desloquem ao município.

Afirmou que a proposta da administração era terraplanar  260 quilómetros, mas só foram contemplados 50 quilómetros no quadro do PIIM, o que considerou já um avanço para que os restantes troços sejam inscritos no próximo orçamento.  

“Temos agora 210 quilómetros por terraplanar, onde a comunicação é difícil, principalmente no tempo de chuva, pois estão esburacadas e em péssimas condições. O produtor não leva os seus produtos para a sede do município e o comerciante também não vai buscar, nem leva os produtos manufacturados nas duas localidades”, realçou.

Adriano Pedro salientou que a administração está a recuperar algumas máquinas antigas para fazer um trabalho paliativo nessas vias.

O município está contemplado com seis projectos no âmbito do PIIM, orçados em mais de mil milhões de kwanzas, de entre eles três escolas, das quais duas de construção e outra para acabamentos finais.

Os outros três projectos incluem o melhoramento e ampliação do sistema de fornecimento de água e energia no município, bem como a terraplanagem de 50 quilómetros de estrada, todos em execução para um período até seis meses.

Em 2013, os troços rodoviários que ligam a sede municipal de Quilengues às comunas de Impulo e Cutembo, essa última de Benguela, mas no limite com a Huíla, numa extensão total de 200 quilómetros, receberam obras financiadas pela administração local.

Com uma extensão territorial de quatro mil, quatrocentos e 64 quilómetros quadrados, Quilengues dista a 143 quilómetros a norte do Lubango e tem uma população estimada em 90 mil e 409 habitantes, distribuídos pelas comunas sede, Dinde e Impulu.