Sábado, 28 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Saúde em Mbanza Kongo com dívida de AKZ 52 milhões


21 Outubro de 2019 | 17h15 - Actualizado em 21 Outubro de 2019 | 17h15

Mbanza Kongo - Cinquenta e dois milhões de Kwanzas é o valor que a Direcção Municipal de Saúde em Mbanza Kongo, província do Zaire, deve a 83 técnicos que prestaram serviço nos centros sanitários da região entre 2015 a 2018.


Os afectados são  técnicos de enfermagem, auxiliares de limpeza e pessoal de segurança que prestaram serviço em regime de colaboração, 23 dos quais continuam em serviço, ao passo que 60 desvincularam-se.

O montante foi tornado público hoje, segunda-feira, pelo director municipal da Saúde, Nsakala Mpasi Iberto.

Em declarações à ANGOP, o responsável apontou a crise financeira do país como a base do atraso na regularização desta dívida.

Sem avançar horizonte temporal para o pagamento destes atrasados, o responsável prometeu empenho na solução do assunto, que depende da melhoria dos indicadores da economia nacional.

O sector da saúde, em Mbanza Kongo, controla, actualmente, 223 técnicos em efectividade de serviço e 26 colaboradores, que labutam em 27 instituições sanitárias, com 281 camas, 14 das quais do sector privado.

O município de Mbanza Kongo possui uma população de 155 mil e 174 habitantes distribuídos pelas comunas Sede, Luvo, Kalambata, Kaluka, Madimba e Nkiende.