Terça, 01 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

COVID-19: Três cidadãos concluem quarentena sem sintomas


29 Março de 2020 | 17h57 - Actualizado em 29 Março de 2020 | 18h10

Dístico do COVID-19, novo Coronavírus Foto: Divulgação

Dundo - Três cidadãos, com idades compreendidas entre os 35 e 40 anos de idade, provenientes da África do Sul e Portugal, deixaram hoje, domingo, a quarentena domiciliar, nos municípios de Chitato, Cuango e Cambulo, província da Lunda Norte, sem sintomas compatíveis com o novo Coronavírus(Covid-19).


A informação foi avançada pelo director do gabinete provincial da Educação na Lunda Norte, Gimi Nhunga, durante a reunião da Comissão Multissectorial com os responsáveis das unidades hospitalares.

O responsável afirmou que  os cidadãos em causa, por não apresentarem nenhum sintoma, podem ter uma vida normal, assegurando que foram acompanhados devidamente pelas autoridades sanitárias locais. Trata-se de funcionários de empresas de exploração de diamantes nos referidos municípios.

Por outro lado, informou que um cidadão encontra-se em quarentena institucional de forma coerciva, por este ter violado a domiciliar.

Gimi Nhunga reforçou o apelo aos cidadãos em quarentena domiciliar a cumprirem com o período estabelecido, 14 dias, e a isolarem-se dos seus familiares, para os prevenir.

Actualmente o número de cidadãos em quarentena na província da Lunda Norte é de 39, sendo dois institucionais e 37 domiciliares.

O Covid-19 é uma pneumonia que emergiu na cidade chinesa de Wuhan, em Dezembro, causada por um novo Coronavírus.

O Covid-2019 tem sido comparado à epidemia global da síndrome respiratória aguda (SARS, na sigla em inglês), que aconteceu em 2002 e 2003.

Angola já dispõe de sete casos positivos, dos quais duas mortes do novo Coronavírus.

A RDC, Côte d'Ivoire, Camarões, Senegal, Togo, Egipto, Tunísia, Argélia, Marrocos, Burkina Faso, Nigéria, África do Sul e Namíbia fazem parte do conjunto de países africanos afectados pela pandemia.