Quinta, 21 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

JMPLA reforça reservas de sangue das unidades sanitárias de Malanje


22 Maio de 2020 | 16h57 - Actualizado em 22 Maio de 2020 | 16h55

Malanje - Trezentas bolsas de sangue foram doadas hoje (sexta-feira) por militantes da JMPLA às hemoterapias das unidades sanitárias dos municípios de Malanje, Cacuso, Calandula, Cangandala e Mucari, para reforçar os stocks e a capacidade de resposta às solicitações de hemotransfusões.


A actividade enquadra-se no âmbito de uma mega-campanha que o secretariado nacional da organização juvenil do MPLA desenvolve ao nível das 18 províncias do país, sob o lema “O seu sangue é a minha vida” e que tem por finalidade reduzir a escassez do referido líquido nas unidades hospitalares.

Segundo o primeiro secretário provincial da JMPLA em Malanje, Dilangue Baião, a campanha tem a duração de dois dias, sendo que hoje foram doadas 300 bolsas nestes cinco municípios e prevê-se pelo menos mais 200 no sábado (23), sendo que para ambas actividades foram mobilizados cerca de 700 militantes.

O responsável apelou à sociedade civil no sentido de juntar-se a esta causa, com vista a evitar-se cenários em que o paciente fica à espera do sangue quando devia ser o contrário.

Por sua vez, o chefe da hemoterapia do Hospital Regional de Malanje, António Cândido, disse que a sua área vem registando escassez de sangue nos últimos dias, situação que tem limitado a capacidade de atendimento dos pacientes com necessidade de transfusão.

Exemplificou que, neste momento, há 30 solicitações de hemotransfusões, mas que a unidade é incapaz de dar resposta por falta de sangue.

“A unidade sanitária realiza diariamente em média 15 hemotransfusões, razão pela qual esta campanha é uma mais-valia, porque vai minimizar a carência de sangue no Hospital Regional de Malanje. Apelamos a outras instituições no sentido de realizarem igualmente campanhas massivas de doação de sangue, porque a hemoterapia neste momento depende apenas de dadores familiares”, salientou.

Refere-se que a Juventude Unida Revolucionária de Angola (JURA), braço juvenil da UNITA, pela mesma causa doou quinta-feira 30 bolsas de sangue à Hemoterapia do Hospital Regional de Malanje.

Na ocasião, o secretário provincial daquela organização juvenil disse que a iniciativa surgiu na sequência da  campanha de sensibilização da Cruz Vermelha de Angola (CVA) levada a cabo sob o lema “Doar sangue para salvar vidas”.