Quarta, 25 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Governo decreta uso obrigatório de máscaras na via pública


07 Julho de 2020 | 20h04 - Actualizado em 07 Julho de 2020 | 21h34

Ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, anuncia novas medidas Foto: Domingos Cardoso

Luanda - O Governo determinou, nesta terça-feira, o uso obrigatório de máscaras faciais na via pública, a partir de quinta-feira, anunciou, nesta terça-feira, o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.


De acordo com o governante, que falava sobre as novas medidas a serem adoptadas no país, no âmbito das acções de combate e prevenção contra a Covid-19, o não uso de máscaras em locais públicos e na via pública será passível de multa.

Pela violação desta regra, segundo Adão de Almeida, o cidadão deverá pagar entre 5 mil a 10 mil kwanzas de multa.

Ainda no âmbito das novas medidas, o ministro informou, que a violação da cerca sanitária será punida com multa de 100 mil a 250 mil kwanzas.

Conforme o ministro, os cidadãos flagrados a violar as cercas sanitárias serão, igualmente, obrigados a comparticipar nos custos das quarentenas institucionais e dos testes de despistagem.

Além do uso obrigatório das máscaras, o Governo determinou também a redução do horário de funcionamento dos serviços públicos em Luanda e no município do Cazengo no período das 8 às 15 horas, bem como da força de trabalho para 50 por cento.

Entre as novas medidas consta ainda a proibição da venda de bebidas alcoólicas na via pública.