Quinta, 21 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Reinstalado Hospital de Campanha da Lunda Norte


12 Agosto de 2020 | 20h29 - Actualizado em 12 Agosto de 2020 | 21h12

Dundo - A reinstalação do Hospital de Campanha da Lunda Norte, com 200 camas para internar e tratar pacientes com Covid-19, foi concluída hoje, quarta-feira, depois de ser transferido do antigo aeródromo para a Centralidade do Mussungue.


A transferência da referida unidade deveu-se ao facto de o anterior local não oferecer condições de saneamento e dificuldades no acesso aos serviços essenciais, nomeadamente a água e energia eléctrica, entre outras condições.

O novo local possui um terreno com betão armado, via de acesso em melhores condições e facilidades no canal de ligação de água potável e de energia eléctrica, condições indispensáveis para o funcionamento da unidade sanitária.

De acordo com o encarregado de obras, Polome Niuce, foram instaladas 24 das 27 naves previstas para tratar pacientes com patologias leves, assintomáticos e cuidados intensivos, para logística, laboratório e área de Raio X.

Polome Niuce disse que foram ainda instalados dois geradores de 330 kva cada, para servirem de fontes alternativas de fornecimento de energia eléctrica, acrescentando que nos próximos dias começa a ser canalizada a água.

Avançou que na próxima semana, dar-se-á inicio a instalação das últimas três naves para balneários, sala dos médicos e área administrativa.

Informou que após a montagem das restantes naves, serão instruídos alguns técnicos angolanos para o manuseamento e manutenção técnica dos equipamentos mecânicos e eléctricos.

Por seu turno, o governador Ernesto Muangala anunciou já a nomeação do elenco que fará a gestão da unidade sanitária.

A província da Lunda Norte, localizada no leste de Angola, tem notificado um paciente infectado, no município do Cuango, que hoje recebeu alta médica.