Quarta, 27 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Aldeias de Nguary e Saulimbo recebem material de biossegurança


10 Setembro de 2020 | 17h58 - Actualizado em 10 Setembro de 2020 | 17h58

Saurimo - A população das aldeias do Nguary e Saulimbo, no município de Saurimo, província da Lunda Sul, beneficiou, nesta quinta-feira, de material de biossegurança, no âmbito das acções de prevenção contra a covid-19.


 O lote é composto por máscaras, sabão azul, álcool em gel, lixívias, entre outros meios.

O administrador municipal de Saurimo, Neves Romão, aconselhou os cidadãos das referidas aldeias a cumprirem as medidas de prevenção contra a pandemia, como a lavagem das mãos, distanciamento social e o uso das máscaras faciais.

O responsável informou ainda que a administração de Saurimo, em parceria com as associações juvenis, estão a levar acabo um projecto de sensibilização nas comunidades suburbanas sobre a importância da prevenção das medidas de biossegurança.

A aldeia do Nguary tem uma população estimada em mil e 100 habitantes, enquanto Saulimbo (dois mil e 30), a maior parte dedica-se a agricultura de subsistência.

Sensibilização

A direcção municipal da Juventude e Desporto realizou hoje, uma campanha de sensibilização sobre a prevenção à covid-19, nos bairros de Saurimo, mercados, estabelecimentos comerciais, comerciantes ambulantes, instituições públicas e privadas.

Durante a campanha, os jovens de diferentes associações distribuíram panfletos com informações sobre a doença e as formas de prevenção, bem como a entrega de máscaras a moto-taxistas e vendedores ambulantes.

O director municipal de Tempos Livres, Juventude e Desporto de Saurimo, Tito Augusto, aconselhou a população a acatar as orientações das autoridades sanitárias, lavando as mãos frequentemente com detergentes, cobrir a boca ao tossir, não partilhar objectos de uso pessoal, entre outras medidas.