Quinta, 03 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Saúde no Uíge reforçada com mais de 200 novos profissionais


21 Setembro de 2020 | 19h41 - Actualizado em 21 Setembro de 2020 | 19h41

Uíge - Duzentos e oitenta e cinco novos profissionais de Saúde, admitidos no concurso público de 2019, receberam hoje, segunda-feira, as guias de colocação para reforçar as unidades sanitárias dos 16 municípios do Uíge, dos quais 39 médicos de clínica geral e 125 enfermeiros.


Do grupo, estão ainda  68 técnicos de diagnóstico e terapêutica, 26 de apoio hospitalar,  20 administrativos e sete médicos especialistas, que se juntam aos 122 médicos existentes, tendo antes sido treinados sobre doenças correntes como a malária, diarreias agudas, respiratórias, covid-19 e outras, para poderem responder às necessidades.

Na ocasião, o governador Sérgio Luther Rescova, que fez a entrega formal das guias, solicitou maior engajamento profissional, atendendo o número de doentes diários que  afluiem às unidades sanitárias da região e apelou para o respeito dos princípios deontológicos, “para uma actuação mais humanista, sendo a saúde uma área sensível”.

O gestor alertou que “as dificuldades que irão encontrar onde serão colocados não podem servir de factor desmotivante para exercer com determinação e profissionalismo a missão imposta”.

O governador disse ainda que apesar do Uíge não notificar caso de covid-19 positivo nos últimos dias, “não se pode cruzar os braços”, pois existem províncias vizinhas cujos casos soubem diariamente, pelo que se deve reforçar mais as medidas preventivas.

Já a directora da Saúde, Madalena Diogo, manifestou satisfação pelo ingresso dos profissionais que reforçarão a assistência médica e medicamentosa aos cidadãos do Uíge, apesar das dificuldades a encontrar nas unidades, “pelo que devem os médicos e os outros técnicos actuar em equipa, para evitar erros no sector”, aconselhou a médica.