Sexta, 04 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Soyo ganha hospital de campanha


30 Setembro de 2020 | 19h03 - Actualizado em 30 Setembro de 2020 | 19h02

Secretário de Estado para a Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio. Foto: Clemente Dos Santos

Soyo - Um hospital de campanha com capacidade para internar 50 pacientes começa a ser montado, nos próximos 15 dias, no município do Soyo, província do Zaire, anunciou esta quarta-feira, o secretário de Estado para a Área hospitalar, Leonardo Inocêncio.


A infra-estrutura, a ser instalada no perímetro adjacente ao Hospital Municipal do Soyo, numa área de dois mil metros quadrados, foi doada pelos Estados Unidos da América (EUA), no quadro das relações de amizade existentes entre os dois países.

De acordo com o secretário de Estado, que esteve em visita de trabalho de algumas horas ao Soyo, em companhia do Adido Militar dos EUA em Angola, Brent Dott, os equipamentos para a montagem desta unidade sanitária já se encontram no país.

“ A escolha da vila petrolífera do Soyo para a instalação deste hospital de campanha justifica-se, atendendo o elevado número de casos da Covid-19 que a circunscrição regista nos últimos meses”, indicou.

Além das 50 camas, a unidade hospitalar contará também com áreas de pequenas cirurgias,   atendimento de pacientes graves e críticos, cuidados intensivos, bem como serviços de análises laboratoriais, imagiologia, entre outras valências.

Por sua vez, o  Adido Militar dos EUA em Angola, Brent Dott, disse que o Governo do seu país decidiu doar esta unidade sanitária para juntar-se aos esforços do Governo angolano no combate à Covid-19.

O governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, frisou que os hospitais de campanha do Soyo e Nzeto irão contribuir no tratamento e internamento de pacientes com Covid-19.  

“Manifestamos o nosso apreço pela doação e pelo facto de o Governo angolano privilegiar a montagem desta infra-estrura no município do Soyo, considerado o epicentro da pandemia da Covid-19, na província do Zaire”, realçou.

A província do Zaire já contabiliza mais de 100 casos da Covid-19, distribuídos pelos municípios do Soyo, Mbanza Kongo e Nzeto.