Sexta, 04 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Deputados da UNITA sugerem aumento dos postos de identificação


01 Fevereiro de 2019 | 23h36 - Actualizado em 04 Fevereiro de 2019 | 08h16

Luanda - Deputados do grupo parlamentar da Unita manifestaram-se preocupados, face as enchentes que se registam nos postos de Identificação Civil e Criminal no município de Viana, em Luanda, e sugerem o aumento de mais serviços para se atenuar a demanda.


Em visita de constatação do funcionamento de varias instituições públicas nesta circunscrição, o parlamentar Sediangani Mbimbi, um dos integrantes da delegação, disse ter constatado negativamente o elevado número de pessoas que procuram diariamente os serviços de identificação.

De acordo com o deputado, há a necessidade do Ministério da Justiça e de Direitos Humanos reforçar o número de postos de identificação existentes em Viana, para se atenuar esta situação.

Diariamente, segundo dados recolhidos pela Angop, são atendidas 150 pessoas para cada serviço (bilhetes de identidade e registo criminal).

O município de Viana, recorde-se, conta com cinco postos de identificação para atender mais de dois milhões de moradores, insuficientes para superar a procura.

A comitiva, também integrada pela deputada Anita Raquel Filipe, para além do Secretario municipal de Viana do maior partido de oposição em Angola, Osvaldo de Kaimy, e de outros responsáveis, visitou também algumas escolas, que coincidiu com o arranque do ano lectivo.

A forte chuva que caiu nesta região da província de Luanda impediu a conclusão da agenda que lhes levaria ate a algumas unidades hospitalares.

Antes, a delegação foi recebida por responsáveis da Administração municipal, que fez uma resenha sobre o funcionamento das instituições existentes nesta  circunscrição.

O município de Viana, que dista 20 quilómetros do centro da cidade capital, é composto pelos distritos urbanos de Vila Flor, Zango, Baia, Kicuxi, Estalagem, Vila Sede, para além da comuna de Calumbo.