Terça, 26 de Janeiro de 2021
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Deficientes visuais beneficiam de ajuda


14 Outubro de 2019 | 14h35 - Actualizado em 14 Outubro de 2019 | 14h35

Uíge - Quinze membros da Associação Nacional dos Cegos e Amblíopes de Angola (ANCA), no Uíge, beneficiaram hoje, segunda - feira, de valores monetários para o fomento de negócios de auto-subsistência.


No total foram entregues 600 mil kwanzas que serão repartidos, cabendo cada um 40 mil kwanzas. A iniciativa é da associação  norueguesa dos cegos (NABP).

Os beneficiários foram antes capacitados em matéria sobre empreendedorismo para a gestão correcta dos valores recebidos.

O vice-presidente da ANCA, Ribeiro Manuel Gundo, afirmou que se pretende minimizar a carência financeira das pessoas vivendo com deficiência visual, com a criação de pequenos negócios.

O responsável reafirmou aposta da ANCA na na contínua formação dos associados, com a promoção de cursos de empreendedorismo.

O director provincial do Instituto Nacional do Emprego e Formação Profissional no Uíge, Joaquim Pecamena, exortou a sociedade a mobilizar-se cada vez mais em torno das acções que visam a melhoria das condições de vida das pessoas portadoras de deficiência, em geral, e dos cegos, em particular.

Na ocasião, foram igualmente entregues kits a cada membro para desenvolver pequenos negócios de auto-subsistência.

ANCA controla na província do Uíge 610 membros na província do Uíge.