Sexta, 04 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Vendedores em Menongue ignoram medidas de prevenção


08 Maio de 2020 | 14h48 - Actualizado em 08 Maio de 2020 | 17h32

Menongue - Os vendedores dos mercados informais da cidade de Menongue, capital da província do Cuando Cubango, continuam a ignorar as medidas de prevenção e combate à Covid- 19, alegando falta de recursos financeiros para a aquisição diária de máscaras faciais.


Em mercados como os dos bairros Paz  e Tchivonde apenas os compradores cumprem as regras, com a utilização de máscaras e luvas.

Apesar da existência, mesmo em número reduzido, de agentes da ordem pública e fiscais, os vendedores do referido mercado ignoram, totalmente, a medida.

Em declarações à ANGOP, o vendedor de utensílios domésticos, Augusto Sebastião Nzingui, manifestou-se preocupado com o número reduzido de pessoas com máscaras de protecção e luvas.

Defendeu a necessidade de as autoridades intensificarem as acções de sensibilização e mobilização da população, para a mudança de comportamento e, desta forma, evitar contágios comunitários.

O administrador do mercado da Paz, o maior da província, José Caiata, advertiu que o comerciante que for apanhado sem máscara ou luvas será impedido de vender, principalmente os ligados à venda de hortaliças, fuba de milho e outros alimentos.

Disse que a administração do mercado, em cooperação com a polícia, continua a sensibilizar os vendedores sobre a importância do uso de material de biossegurança.