Terça, 01 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Mbanza Kongo envolve munícipes na limpeza da cidade


04 Julho de 2020 | 12h39 - Actualizado em 04 Julho de 2020 | 12h38

Mbanza Kongo - Um novo modelo de limpeza e saneamento básico da cidade de Mbanza Kongo, denominado do "Meu Quarteirão Cuido Eu", que visa engajar directamente os munícipes na limpeza das áreas de residência, foi lançado este sábado, pela Administração Municipal.


O projecto pretende fortalecer a relação entre a Administração local e os munícipes, devendo, para o efeito, ser indicado um responsável em cada quarteirão que servirá de elo e porta-voz dos anseios dos moradores.

No quadro do modelo, caberá às autoridades administrativas fazer o levantamento do número de residências, famílias e moradores de cada quarteirão, cujos dados servirão de base para a implementação de diversos projectos de impacto social.

Segundo o administrador municipal, Manuel Nsiansoki Gomes, que procedeu ao seu lançamento, o novo modelo permitirá manter limpa a cidade e arredores.

O projecto-piloto foi lançado num dos quarteirões da zona nº 1 do bairro Martins Kidito, periferia da cidade, que comporta 70 casas, igual número de famílias, perfazendo 167 moradores.

Antes, o trabalho de limpeza e saneamento básico da cidade de Mbanza Kongo era feito por funcionários recrutados pela administração municipal e cingia-se no casco urbano.

Munícipes aplaudem novo modelo

Para o morador do bairro Martins Kidito, Paulo Pedro Maria, o projecto “Meu Quarteirão Cuido Eu” permite a governação de proximidade e o engajamento de cada morador nas tarefas que dizem respeito à sua vida.

Álvaro Jorge, regedor do bairro, entende que a criação de quarteirões vai melhorar a mobilização dos moradores para a sua participação na limpeza das zonas de residência e em outras actividades orientadas pela administração municipal.

Ana Helena Bento, também moradora do bairro, disse ser uma iniciativa que contribuirá para a melhoria da higiene e do saneamento básico dos locais de residência e consequente redução de casos de doenças infecciosas.

A cidade de Mbanza Kongo, sede capital da província do Zaire, conta com uma população estimada em 155 mil e 174 habitantes distribuídos pelos bairros “Sagrada Esperança, Álvaro Buta, Martins Kidito, 04 de Fevereiro e 11 de Novembro.