Terça, 01 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Nova subestação de tratamento de água beneficia mais de 15 mil cidadãos


11 Julho de 2020 | 12h04 - Actualizado em 11 Julho de 2020 | 12h33

Nova Subestação de tratamento de água do Bocoio Foto: Augusto Cordeiro

Benguela - A nova subestação de captação e tratamento de tratamento de água em construção na sede municipal do Bocoio, na província de Benguela, vai beneficiar cerca de 15 mil cidadãos, soube hoje, sábado, a Angop.


Segundo o chefe do departamento local da Empresa de Águas, Bernardo Mande, a subestação vai contar com duas bombas com capacidade de dar vazão a 300 metros cúbicos de água/hora, cada uma delas.

A subestação terá ainda um tanque para armazenamento de água, sendo o seu tratamento o convencional, com pré-oxidação, coagulação, evacuação, decantação e filtração.

Explicou que quando entrar em funcionamento, será utilizada a rede de distribuição já existente, que deve ser ampliada com uma nova linha de 21 quilómetros de extensão.

Relativamente à antiga subestação em funcionamento, disse que ela tem capacidade de captar e tratar 700 metros cúbicos de água por hora, cuja qualidade obedece aos padrões definidos pela OMS.

O responsável adiantou que actualmente estão a distribuir apenas 500 metros cúbicos de água por hora, em função das perdas devido a problemas na linha de distribuição.

Existem actualmente na sede municipal do Bocoio apenas 630 ligações domiciliares, estando em curso um projecto para o aumento das mesmas, disse.

Bernardo Mande garantiu, por outro lado, que o abastecimento de água tem sido regular, havendo apenas constrangimentos quando ocorrem problemas técnicos.

Em termos de pagamento do consumo, o responsável disse que tem sido igualmente regular, registando-se casos isolados de consumidores que se furtam a essa obrigação.

Quando concluída a nova subestação de captação e tratamento de água, proveniente do rio Cubal, a sede municipal do Bocoio vai contar com duas estruturas do género, prevendo-se melhorias em termos da distribuição de água potável.