Sexta, 04 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Época balneária interdita até Outubro


09 Agosto de 2020 | 01h31 - Actualizado em 09 Agosto de 2020 | 12h49

praias do país encerradas até outubro Foto: Rosário dos Santos

Luanda - O acesso às praias, piscinas públicas e demais zonas balneares, bem como o funcionamento de clubes navais e marinas para fins recreativos, continuam interditos até ao dia 15 de Outubro deste ano.


Em períodos normais, a época balneária em Angola começaria oficialmente no dia 15 deste mês, mas devido à Covid-19 essa actividade está cancelada desde Março último. A par dessa actividade, também continua proibido o funcionamento dos cinemas na província de Luanda.

Nas demais podem funcionar até às 21 horas, mediante a obrigatoriedade do uso de máscara facial e da observância das regras de biossegurança e de distanciamento físico, de acordo com o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida.

Ao apresentar as novas medidas adoptadas no âmbito da Situação de Calamidade Pública, a vigorar de 10 deste mês a 08 de Setembro, o governante referiu que continua igualmente suspenso o funcionamento dos clubes de diversão nocturnos em todo o país.

Quanto ao acesso aos museus, teatros, monumentos e similares mantêm-se funcionais, mediante a obrigatoriedade do uso de máscara facial e da observância das regras de biossegurança e de distanciamento físico no seu interior.

Segundo o ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, o acesso a esses locais deve obedecer a limitação de 50% da capacidade de cada espaço.

Acrescentou que o mesmo procedimento deve ser observado na realização de feiras de cultura e arte, bem como de exposições.

As novas medidas adoptadas pelo Governo enquadram-se no combate e prevenção contra a Covid-19, que já infectou um total de mil e 572 pessoas em Angola, das quais 70 óbitos, 564 recuperados e 938 activos.