Quinta, 03 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Capacitados mais de 100 voluntários no Zaire


25 Agosto de 2020 | 18h20 - Actualizado em 25 Agosto de 2020 | 18h20

Mbanza Kongo - Cento e trinta jovens voluntários foram capacitados, nesta terça-feira, em Mbanza Kongo, província do Zaire, sobre as medidas de biossegurança para a prevenção da covid-19 e outros cuidados individuais.


A iniciativa foi do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos e visou formar jovens que irão reforçar as acções de sensibilização nas comunidades.

O conceituação da covid-19, sua manifestação ou sintomas; forma de transmissão e prevenção da doença; e solução de ou com lixívia para desinfectar as superfícies de residências e procedimentos para sepultar vítimas de covid-19 estiveram em abordagem.

Orientada por um técnico do gabinete local da saúde, a formação debruçou-se também sobre o uso correcto das máscaras faciais e a observância do distanciamento físico.

Ao intervir na abertura do seminário, a directora do Gabinete Provincial da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos, Nzuzi Makiese, explicou que o mesmo surgiu em resposta à preocupação do aumento de casos positivos da pandemia o Zaire.

Até à data, esta província soma já 55 casos positivos, sendo 54 no Soyo e um em Mbanza Kongo.

O facto de se constatar, entre a população local, algum incumprimento das medidas de protecção individual e colectiva contra a covid-19 motivou, igualmente, a promoção desta acção de capacitação, segundo a responsável.

Explicou que, o ciclo de campanhas nas comunidades terá início em Setembro próximo, devendo ser realizada porta-a-porta e em aglomerados populacionais, incutindo-se aos munícipes noções sobre as medidas de prevenção individual e colectiva contra a doença.

O Zaire, com 55 casos positivos, é a segunda província mais afectada com a covid-19, no país, depois de Luanda, o epicentro da pandemia.

Localizada no norte de Angola, esta província conta com uma população estimada em 594 mil e 428 habitantes, distribuídos pelos municípios de Mbanza Kongo, Soyo, Cuimba, Nzeto, Tomboco e Nóqui.