Quarta, 02 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Covid-19: Polícia chama atenção para as medidas preventivas


08 Outubro de 2020 | 18h33 - Actualizado em 08 Outubro de 2020 | 18h33

Cabinda: Fronteira de Massabi (Arquivo) Foto: Pedro João

Cabinda - O comandante da polícia nacional no município de Cacongo, em Cabinda, Simão Chicuma João, exortou os revendedores de derivados do petróleo bruto na comuna fronteiriça de Massabi, com a República do Congo, ao cumprimento rigoroso e obrigatório das medidas de biossegurança.


Simão Chicuma fez este apelo no encontro que manteve, quarta-feira, com os revendedores de combustíveis daquela comuna, para a análise da situação sobre a comercialização de combustíveis no período da Covid-19 e suas consequências.

De acordo com a nota de imprensa do gabinete de comunicação e imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior, chegado, hoje, quinta-feira, a Angop, indica que, Simão Chicuma, considerou a comuna de complexa dada sua localização na linha fronteiriça.

"É preocupante a forma incorrecta e insistente que alguns revendedores continuam a comercializar o produto, incumprindo com as medidas estabelecidas pelas autoridades contra o tráfego de combustíveis para além fronteiras", refere no informe, o comandante policial.

A nota refere ainda que no seio dos revendedores há aqueles que ainda insistem em contratar estrangeiros (congoleses) que tentam violar a linha fronteiriça, usando caminhos fiotes, para comercializarem os combustíveis  com riscos de contágios da pandemia da Covid-19.

“ Os comerciantes devem abster-se dessas práticas e obedecer as orientações das autoridades sanitárias e policiais, sobretudo, no cumprimento rigoroso das medidas de biossegurança, no caso, o uso obrigatório das máscaras, lavagem das mãos nos postos de revenda de combustíveis e o distanciamento social”, assevera-se na nota.

A comuna fronteiriça de Massabi, que se situa a cerca de 90 quilómetros a norte da cidade de Cabinda, conta com onze (11) revendedores de derivados de petróleo bruto, dos quais, oito (8) revendem petróleo iluminante e três (3) possuem bombas de abastecimento dos três produtos, petróleo, gasolina e gasóleo.