Quarta, 02 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Zaire: Autoridades criam via alternativa sobre rio Lukunga


05 Outubro de 2020 | 12h12 - Actualizado em 05 Outubro de 2020 | 12h11

Ponte Foto: Aurelio Janeiro

Mbanza Kongo - Uma via alternativa está a ser criada pelas autoridades locais sobre o rio Lukunga, na estrada que une os municípios do Tomboco e Nóqui, província do Zaire, na sequência do desabamento da ponte metálica sobre o mesmo rio, ocorrido na sexta-feira última.


De acordo com o director municipal das Infra-estruturas, Transporte, Equipamentos Urbanos, Ambiente e Saneamento do Tomboco, Mireles Sebastião, estão a ser colocadas três manilhas próximo do local da ponte desabada de modo a se repor a circulação rodoviária neste troço, dentro de 14 dias.

Explicou que a ponte sobre o rio Lukunga, construída na era colonial, desabou quando um camião carregado de mercadoria diversa circulava no sentido Tomboco/Nóqui, sem provocar vítimas. A estrutura tinha dez metros de comprimento e quatro de largura.

Enquanto isso, o governador do Zaire, Pedro Makita Armando Júlia, que constatou no sábado o estado desta via e a ponte desabada, avançou que será encontrada, a médio prazo, uma solução definitiva para a colocação de uma nova ponte sobre o rio Lukunga.

Informou que nesta via, de 92 quilómetros, decorrem, desde Abril deste ano, trabalhos de terraplenagem, a cargo da Brigada de Manutenção e Conservação de Estradas do governo local, no sentido de permitir maior fluidez na circulação rodoviária.