Terça, 01 de Dezembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

"Projapron" cria 11 mil postos de trabalho


26 Outubro de 2020 | 10h45 - Actualizado em 26 Outubro de 2020 | 10h43

Chinhama - Mais de 11 mil postos de trabalho, correspondendo a mil para cada município da província do Huambo, foram criados com a implementação do Programa Juvenil de Apoio à Produção Nacional (Projapron).


Anunciado nesta segunda-feira, o programa visa mobilizar jovens locais e a nível nacional para participação activa na produção agrícola, contribuir no combate à fome e à pobreza, bem como estimular o emprendedorismo e o auto-emprego.

Este facto foi avançado à imprensa pelo presidente do Conselho Nacional da Juventude (CNJ), Isaías Kalunga, no final de uma visita de constatação do funcionamento da fazenda agro-pecuaria Catumbo II, afecta a empresa “David Trading”.

A fazenda é assegurada por mais de 122 trabalhadores jovens efectivos e 100 eventuais da comuna de Chinhama (Cachiungo), Sambo e Samboto (Chicala-Cholohanga).

Isaías Kalunga disse que o CNJ vai apoiar os Conselhos Municipais da Juventude  (CMJ) com fertilizantes e outros kits de trabalho, ficando sob responsabilidade dos governos locais a disponibilização de espaços para a prática da agricultura de alto rendimento.

O responsável sugeriu a criação de brigadas juvenis de apoio à produção nacional e combate à delinquência juvenil por parte dos conselhos provinciais e municipais da Juventude.

O proprietário da fazenda Catumbo II, Domingos David, referiu-se sobre a aposta na formação da juventude quanto as técnicas de uso correcto dos insumos agrícolas.

Na presente época agrícola, estão preparados para o cultivo de milho, feijão, soja e batata em mais de 106 hectares de terra, dos 1.000 hectares existente.

A fazenda Catumbo II está localizada no interior da comuna da Chinhama, a 148 quilómetros a leste da cidade do Huambo.