Segunda, 23 de Novembro de 2020
    |  Fale connosco  |   Assinante    
 

Angola e Zâmbia avaliam cooperação no domínio dos transportes


22 Outubro de 2020 | 13h11 - Actualizado em 22 Outubro de 2020 | 14h04

Comboio do CFB (arquivo) Foto: kinda kyungu

Luanda - As repúblicas de Angola e da Zâmbia avaliam, desde esta quinta-feira, a cooperação bilateral no domínio dos transportes.


Para o efeito, está em Angola uma delegação da Zâmbia integrada pelos ministros Vicent Mwale e Lole Mututwe, da Habitação e Infra-estruturas, e Transportes e Comunicação, respectivamente, para encontros bilaterais com os seus homólogos angolanos.

A delegação, que integra, igualmente, quadros séniores dos dois departamentos ministeriais, tem prevista deslocação a cidade do Lobito, província de Benguela, aonde se encontram as infra-estruturas que conformam o Corredor de Desenvolvimento Económico do Lobito.

Em agenda está ainda uma reunião com os ministros dos Transportes, Ricardo Viegas D’Abreu, e da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares de Almeida.

Entendimentos já alcançados

Angola e a Zâmbia assinaram, em 2018, um acordo bilateral para o desenvolvimento de projectos prioritários que visam a melhoria da conectividade das redes de comunicação rodoviária, ferroviária, fluvial e aviação civil dos dois países vizinhos.

Em 2019, as autoridades de aviação civil rubricaram um acordo (MOU) visando o incremento de frequências semanais de voos entre os dois países, para um total de sete.

Recentemente foi concluído o Estudo Preliminar de Viabilidade do Projecto de Construção do Ramal Ferroviário de Ligação do CFB à Zâmbia, financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), partindo da localidade de Luacano, província do Moxico, até ao posto fronteiriço de Jimbe, com uma extensão de 259 km.

Como solução alternativa e dada a sua importância, o Governo angolano decidiu eleger este projecto como prioritário no âmbito das Parcerias Público Privadas.