291 migrantes ilegais socorridos na Líbia

Tripoli - Um total de 291 migrantes clandestinos a bordo de um barco, no norte de Zawiya, 50 quilómetros de Tripoli, dirigindo-se para as costas europeias, foram socorridos domingo pelos agentes da Guarda Costeira líbia.

Os migrantes socorridos são de diferentes nacionalidades árabes, africanas e asiáticas, precisa um comunicado oficial, acrescentando que eles foram desembarcados na base naval de Tripoli, depois transferidos para o Órgão de Luta contra a Emigração Ilegal.

Mais de cinco mil e 500 pessoas foram interceptadas no mar e expulsas para a Líbia, desde Janeiro de 2021, de acordo com estatísticas do Alto Comissariado das Nações Unidas os Refugiados (ACNUR).

País ao mesmo tempo de trânsito e destino dos migrantes clandestinos, a Líbia está exposta, nos últimos anos, a um forte fluxo de candidatos à emigração clandestina para a Europa explorados por redes de traficantes e tráfico de pessoas que se aproveitam da insegurança neste pais da África do Norte.

Os migrantes socorridos são de diferentes nacionalidades árabes, africanas e asiáticas, precisa um comunicado oficial, acrescentando que eles foram desembarcados na base naval de Tripoli, depois transferidos para o Órgão de Luta contra a Emigração Ilegal.

Mais de cinco mil e 500 pessoas foram interceptadas no mar e expulsas para a Líbia, desde Janeiro de 2021, de acordo com estatísticas do Alto Comissariado das Nações Unidas os Refugiados (ACNUR).

País ao mesmo tempo de trânsito e destino dos migrantes clandestinos, a Líbia está exposta, nos últimos anos, a um forte fluxo de candidatos à emigração clandestina para a Europa explorados por redes de traficantes e tráfico de pessoas que se aproveitam da insegurança neste pais da África do Norte.