Actor nos EUA mata cineasta e fere director durante filmagem

Washington - O actor Alec Baldwin disparou uma arma que não devia estar carregada, utilizada nas filmagens no Novo México (EUA), matando a cineasta Halyna Hutchins e ferindo o director Joel Souza, segundo as autoridades.

  •  

O incidente passou-se nesta quinta-feira (21) durante a filmagem da longa-metragem independente "Rust" no local de produção, informou o escritório do xerife do Condado de Santa Fé.

"O escritório do xerife confirma que duas pessoas foram baleadas no set de Rust. Halyna Hutchins, de 42, directora de fotografia, e Joel Souza, de 48, director, quando Alec Baldwin, de 68, produtor e actor, disparou uma arma cenográfica", diz o comunicado da Polícia, citado pela Reuters.

Hutchins foi transportada por helicóptero para o Hospital da Universidade do Novo México, mas acabou por falecer. Souza foi levado de ambulância ao Centro Médico Regional Christus São Vicente para tratamento dos ferimentos.

"Como diabos isso poderia ter acontecido?", questionou ​Alec Baldwin, perturbado após ter atirado e matado acidentalmente a cineasta no set do seu novo filme e ferido o roteirista e director.

Ainda não foram apresentadas acusações, afirmou a Polícia, adicionando que estão a investigar o tiroteio e entrevistar testemunhas.

A arma cenográfica deveria estar carregada com balas de festim. Mas, no momento do disparo, a bala ou fragmentos atingiram duas pessoas. A gravação do filme foi suspensa devido a investigação.

  •  

O incidente passou-se nesta quinta-feira (21) durante a filmagem da longa-metragem independente "Rust" no local de produção, informou o escritório do xerife do Condado de Santa Fé.

"O escritório do xerife confirma que duas pessoas foram baleadas no set de Rust. Halyna Hutchins, de 42, directora de fotografia, e Joel Souza, de 48, director, quando Alec Baldwin, de 68, produtor e actor, disparou uma arma cenográfica", diz o comunicado da Polícia, citado pela Reuters.

Hutchins foi transportada por helicóptero para o Hospital da Universidade do Novo México, mas acabou por falecer. Souza foi levado de ambulância ao Centro Médico Regional Christus São Vicente para tratamento dos ferimentos.

"Como diabos isso poderia ter acontecido?", questionou ​Alec Baldwin, perturbado após ter atirado e matado acidentalmente a cineasta no set do seu novo filme e ferido o roteirista e director.

Ainda não foram apresentadas acusações, afirmou a Polícia, adicionando que estão a investigar o tiroteio e entrevistar testemunhas.

A arma cenográfica deveria estar carregada com balas de festim. Mas, no momento do disparo, a bala ou fragmentos atingiram duas pessoas. A gravação do filme foi suspensa devido a investigação.