Burkina Faso: Mina anti carro mata seis pessoas

  • Mapa Do Burkina Faso
Ouagadougou – Seis pessoas morreram terça-feira, 02, no Norte do Burkina Faso, na sequência da explosão de uma mina anti-carro, indica um novo balanço publicado pelo governo local.

"Uma ambulância do distrito sanitário de Djibo accionou uma mina na via que liga as localidades de Gaskindé e Namissiguia, na região do Sahel”, refere o porta-voz do governo burkinabe, Ousséni Tamboura, citado quarta-feira pela AFP.

Tal como os seus vizinhos do Sahel, nomeadamente o Mali e o Níger, o Burkina Faso enfrentam uma guerra jihadista, particularmente nas suas regiões norte e Leste, que desde 2015 já matou mil e 200 pessoas e causou um milhão de deslocados.

Os ataques com os engenhos explosivos improvisados (IED) que se multiplicam desde 2018, custaram a vida a pelo menos 200, civis e militares, lembra ainda a AFP, revelando que os ataques são na sua maioria acompanhados de emboscadas.

"Uma ambulância do distrito sanitário de Djibo accionou uma mina na via que liga as localidades de Gaskindé e Namissiguia, na região do Sahel”, refere o porta-voz do governo burkinabe, Ousséni Tamboura, citado quarta-feira pela AFP.

Tal como os seus vizinhos do Sahel, nomeadamente o Mali e o Níger, o Burkina Faso enfrentam uma guerra jihadista, particularmente nas suas regiões norte e Leste, que desde 2015 já matou mil e 200 pessoas e causou um milhão de deslocados.

Os ataques com os engenhos explosivos improvisados (IED) que se multiplicam desde 2018, custaram a vida a pelo menos 200, civis e militares, lembra ainda a AFP, revelando que os ataques são na sua maioria acompanhados de emboscadas.