Cadáveres encontrados ao largo da ilha cabo-verdiana do Sal

  • Cabo Verde
Praia - Quatro corpos sem vida foram encontrados quinta-feira a flutuarem ao largo da ilha cabo-verdiana do Sal, anunciaram as autoridades policiais e da protecção civil.

Os corpos em apreço parecem os de 66 ocupantes de uma embarcação que deu à costa do Sal, domingo último, segundo os mesmos elementos que estão a participar numa operação de busca e salvamento, relacionada com o sinistro.

Segundo informações avançadas pela Radio de Cabo Verde (RCV), o alerta da presença dos corpos no mar foi dado por trabalhadores de uma pedreira na zona de Água Toste.

Os corpos foram levantados por autoridades que pensam na possibilidade de haver ainda mais cadáveres à deriva nas imediações da costa do Sal.

Daí elas terem retomado, na manhã da quinta-feira última, as buscas suspensas na tarde do dia anterior.

Domingo último, por volta das 22 horas locais, uma piroga deu à costa na ilha do Sal com 66 emigrantes a bordo, que serão resgatados, graças à coragem de alguns que nadaram até à costa para pedirem apoio.

Entretanto, depois de resgatados, um dos náufragos sucumbiu aos seus ferimentos, já num hospital da ilha.

Têm sido frequentes cenários de embarcações do género encalhadas nas costas das ilhas cabo-verdianas, refere-se-

O mais recente caso remonta a Setembro último, quando uma piroga foi descoberta com cinco cadáveres em "avançado estado de decomposição" a bordo, ao largo da costa da ilha do Sal.

Não foi especificada, na altura, a  origem da embarcação.

Para as autoridades cabo-verdianas, são pessoas que se aventuram no mar à procura de uma vida melhor e que acabam por sofrer acidentes.