Covid-19: África do Sul regista 1.712 novas infecções em 24 horas

  • Feira destaca criações ligadas à Covid-19
Pretória (Da correspondente) - Mil e 712 pessoas portadoras do novo coronavírus foram identificadas desde o último balanço na África do Sul, elevando para 730 mil 548 o total de casos positivos de Covid-19, informou na noite desta quarta-feira, o ministro da Saúde.

Zweli Mkhize, que fazia o balanço diário da pandemia, adiantou que mais 46  cidadãos perderam a vida no mesmo espaço de tempo, totalizando 19 mil e 585 as fatalidades relacionadas com a doença.

De acordo com o balanço, as mortes ocorreram nas províncias de Cabo Oriental, num total de 24, nove em Gauteng, cinco no Kwazuku-Natal, quatro no Cabo Ocidental, três em Free State e uma em Northern Cape.

Dados estatísticos apresentados pelo ministro ressaltam a recuperação de 660 mil e 185 pessoas, que se traduz numa taxa de 90% de melhorias.

No que toca a testagem, a África do Sul realizou quatro milhões 893 mil e 683 desde o eclodir da pandemia no país, em Março de 2020.

O sector privado realizou dois milhões 818 mil e 285 testes (58%), enquanto que o sector público de saúde responde por dois milhões 075 e 398 (48%).

Zweli Mkhize, que fazia o balanço diário da pandemia, adiantou que mais 46  cidadãos perderam a vida no mesmo espaço de tempo, totalizando 19 mil e 585 as fatalidades relacionadas com a doença.

De acordo com o balanço, as mortes ocorreram nas províncias de Cabo Oriental, num total de 24, nove em Gauteng, cinco no Kwazuku-Natal, quatro no Cabo Ocidental, três em Free State e uma em Northern Cape.

Dados estatísticos apresentados pelo ministro ressaltam a recuperação de 660 mil e 185 pessoas, que se traduz numa taxa de 90% de melhorias.

No que toca a testagem, a África do Sul realizou quatro milhões 893 mil e 683 desde o eclodir da pandemia no país, em Março de 2020.

O sector privado realizou dois milhões 818 mil e 285 testes (58%), enquanto que o sector público de saúde responde por dois milhões 075 e 398 (48%).