GUINÉ-CONAKRY: JULGAMENTO DE SESSENTA OPOSITORES

Conakry - O governo da Guiné-Conakry anunciou neste sábado, 08, o julgamento de 60 opositores por terem contestado a reeleição do Presidente Alpha Conde e o referendo constitucional que culminou com a reeleição, pela terceira vez, do actual chefe de Estado.

A contestação, levada a cabo pela oposição, uma parte da sociedade civil várias vezes reprimida, causando dezenas de mortes, civis e alguns nas forças da ordem.

País da África Ocidental, a Guiné -Conakry foi palco, entre Outubro de 2019 e 2020, de uma intensa agitação em tono da candidatura de Conde, 83 anos.

A adopção da nova Constituição facilitou a sua reeleição em  2020, em torno de novas violações eleitorais, e proclamado vencedor pelo Tribunal supremo.

A contestação, levada a cabo pela oposição, uma parte da sociedade civil várias vezes reprimida, causando dezenas de mortes, civis e alguns nas forças da ordem.

País da África Ocidental, a Guiné -Conakry foi palco, entre Outubro de 2019 e 2020, de uma intensa agitação em tono da candidatura de Conde, 83 anos.

A adopção da nova Constituição facilitou a sua reeleição em  2020, em torno de novas violações eleitorais, e proclamado vencedor pelo Tribunal supremo.