Líder do PRS da Guiné-Bissau exonera vice-presidente do partido

  • Bandeira da Guiné Bissau
Bissau - O líder do Partido de Renovação Social (PRS) da Guiné-Bissau, Alberto Nambeia, exonerou de funções o vice-presidente do partido Certório Biote, na sequência da apresentação da sua candidatura à liderança daquela formação partidária.

Num despacho, o presidente do PRS justifica a decisão com a "incompatibilidade" de continuar a ocupar a vice-presidência do partido após apresentar a sua candidatura à liderança.

O PRS deverá realizar o seu congresso em Outubro deste ano.

Certório Biote apresentou no final de Abril a sua candidatura à presidência do PRS, justificando estar "profundamente preocupado" com o rumo que o partido tem assumido nos últimos anos.

O PRS faz parte da coligação no Governo na Guiné-Bissau e viu recentemente a sua posição no executivo ser reforçada, após uma remodelação anunciada a 25 de Abril.

Nas últimas legislativas, realizadas em 2019, o PRS foi a terceira força política mais votada, perdendo o segundo lugar para o Movimento para a Alternância Democrática (Madem-G15), liderado por Braima Camará.

Num despacho, o presidente do PRS justifica a decisão com a "incompatibilidade" de continuar a ocupar a vice-presidência do partido após apresentar a sua candidatura à liderança.

O PRS deverá realizar o seu congresso em Outubro deste ano.

Certório Biote apresentou no final de Abril a sua candidatura à presidência do PRS, justificando estar "profundamente preocupado" com o rumo que o partido tem assumido nos últimos anos.

O PRS faz parte da coligação no Governo na Guiné-Bissau e viu recentemente a sua posição no executivo ser reforçada, após uma remodelação anunciada a 25 de Abril.

Nas últimas legislativas, realizadas em 2019, o PRS foi a terceira força política mais votada, perdendo o segundo lugar para o Movimento para a Alternância Democrática (Madem-G15), liderado por Braima Camará.