Mali: Soldado nigerino morto e dois franceses feridos

  • Mapa do Níger
Niamey - Um soldado nigerino morreu e três outros, dos quais, dois franceses ficaram feridos durante combates com jihadistas no Mali, indicou hoje, quarta-feira, o estado-maior dos exércitos franceses.

Terça-feira, no decorrer de uma missão de reconhecimento, soldados da 114ª companhia de segurança interna nigerina apoiada pela operação   francesa  Barkhane  foram capturados pelos jihadistas, segundo o porta-voz do estado-maior, o general Frédric Barbry.

Os soldados no terreno foram apoiados por helicópteros de ataque e aviões de caça, que neutralizaram os jihadistas cujo numero não foi estimado.

Segundo ainda o general francês, Barkhane tem o seu fim previsto para breve porque será substituído até 2023 por um dispositivo internacional mais pequeno de apoio e de acompanhamento as tropas locais.

A França pretende assegurar as zonas onde os Estados africanos não conseguem chegar, para se concentrar na luta contra os jihadistas. Esta reorientação intervêm numa altura em que se aproxima as eleições presidenciais francesas de 2022.

 

Terça-feira, no decorrer de uma missão de reconhecimento, soldados da 114ª companhia de segurança interna nigerina apoiada pela operação   francesa  Barkhane  foram capturados pelos jihadistas, segundo o porta-voz do estado-maior, o general Frédric Barbry.

Os soldados no terreno foram apoiados por helicópteros de ataque e aviões de caça, que neutralizaram os jihadistas cujo numero não foi estimado.

Segundo ainda o general francês, Barkhane tem o seu fim previsto para breve porque será substituído até 2023 por um dispositivo internacional mais pequeno de apoio e de acompanhamento as tropas locais.

A França pretende assegurar as zonas onde os Estados africanos não conseguem chegar, para se concentrar na luta contra os jihadistas. Esta reorientação intervêm numa altura em que se aproxima as eleições presidenciais francesas de 2022.