Presidente da Câmara de Joanesburgo morre em acidente um mês após ser eleito

Joanesburgo - O presidente da Câmara de Joanesburgo, Jolidee Matongo, morreu sábado na sequência de um acidente de automóvel, pouco mais de um mês após a sua eleição, de acordo com informação oficial, noticiou o site Minuto a Minuto.

Jolidee Matongo, 46 anos, foi eleito presidente da câmara da capital económica da África do Sul no passado dia 10 de Agosto, após a morte do seu antecessor, devido à covid-19.

O acidente, cujas circunstâncias não foram especificadas, ocorreu quando o presidente da câmara estava a regressar de uma campanha para encorajar o registo de eleitores no município do Soweto, no âmbito das eleições locais de 01 de Novembro na África do Sul.

"Nada poderia ter preparado nenhum de nós para esta súbita perda, que roubou ao centro económico da nossa nação o seu segundo presidente da câmara em dois meses", escreveu no Twitter o Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, que acompanhou Matongo ao Soweto.

 

Jolidee Matongo, 46 anos, foi eleito presidente da câmara da capital económica da África do Sul no passado dia 10 de Agosto, após a morte do seu antecessor, devido à covid-19.

O acidente, cujas circunstâncias não foram especificadas, ocorreu quando o presidente da câmara estava a regressar de uma campanha para encorajar o registo de eleitores no município do Soweto, no âmbito das eleições locais de 01 de Novembro na África do Sul.

"Nada poderia ter preparado nenhum de nós para esta súbita perda, que roubou ao centro económico da nossa nação o seu segundo presidente da câmara em dois meses", escreveu no Twitter o Presidente sul-africano, Cyril Ramaphosa, que acompanhou Matongo ao Soweto.