Presidente francês aguardado na África do Sul

  • Presidente de França, Emmanuel Macron (arquivo)
Pretória (Da correspondente) – O Presidente da França, Emmanuel Macron, realiza esta sexta-feira, 28, a sua primeira visita de Estado a África do Sul, a convite do seu homólogo, Cyril Ramaphosa.

Segundo uma nota oficial da Presidência da África do Sul a que a ANGOP teve acesso em Pretória, a visita do Chefe de Estado francês visa reforçar a parceria estratégica entre os dois países em várias áreas de cooperação.

O documento refere que África do Sul e França estão empenhadas em defender a paz e segurança mundiais, fortalecendo a cooperação multilateral e regional, bem como responder de forma afincada as alterações climáticas.

A deslocação do estadista francês centrar-se-á igualmente nas questões relacionadas com a resposta global a COVID-19 e as soluções económicas e sanitárias.

"A África do Sul é o maior parceiro comercial da França no continente africano, enquanto a França é o segundo maior aliado comercial da África do Sul no seio do bloco comercial da União Europeia (UE). Aproximadamente 400 empresas francesas estão representadas em território sul-africano", sublinha a nota.

Importa salientar que durante a Conferência de Investimento da África do Sul de 2019, as empresas francesas prometeram um investimento de 20 mil milhões de Rand a este país. 

Segundo uma nota oficial da Presidência da África do Sul a que a ANGOP teve acesso em Pretória, a visita do Chefe de Estado francês visa reforçar a parceria estratégica entre os dois países em várias áreas de cooperação.

O documento refere que África do Sul e França estão empenhadas em defender a paz e segurança mundiais, fortalecendo a cooperação multilateral e regional, bem como responder de forma afincada as alterações climáticas.

A deslocação do estadista francês centrar-se-á igualmente nas questões relacionadas com a resposta global a COVID-19 e as soluções económicas e sanitárias.

"A África do Sul é o maior parceiro comercial da França no continente africano, enquanto a França é o segundo maior aliado comercial da África do Sul no seio do bloco comercial da União Europeia (UE). Aproximadamente 400 empresas francesas estão representadas em território sul-africano", sublinha a nota.

Importa salientar que durante a Conferência de Investimento da África do Sul de 2019, as empresas francesas prometeram um investimento de 20 mil milhões de Rand a este país.