ADRA incentiva produção de caprinos na Caála

Caála – A Organização não-governamental angolana Acção para o Desenvolvimento Rural e Ambiente (ADRA) está a incentivar a produção de gado caprino no município da Caála (Huambo), onde distribuiu recentemente 60 cabritos, com foco no combate à pobreza.

A informação foi avançada, esta sexta-feira, pela directora desta organização na província do Huambo, Cidália Gomes, durante o XV encontro das comunidades do município da Caála, que avaliou o grau de execução dos projectos traçados pela ADRA, no período 2020/2021.

Conforme a responsável, os animais foram distribuídos gratuitamente a 270 camponeses filiados em cooperativas e associações sedeadas nas comunas da Catata e Cuima, visando o aumento da renda económica das famílias.

Paralelamente, Cidália Gomes disse que a organização distribuiu ainda sementes de batata-rena, soja, feijão, cebola, pimenta, repolho, tomate e de mandioca, para além de charruas e de fertilizantes.  

Disse que a ADRA disponibilizou, igualmente, quatro milhões, 405 mil e 300 Kwanzas para o reforço das caixas comunitárias (instituição não-bancaria na aldeia), para ajudar as finanças de quatro cooperativas agrícolas, num total de 138 beneficiários.

Lembrou que os camponeses beneficiaram ainda de três mil fruteiras de laranjeiras, tangerineiras e limoeiros, incluindo a reabilitação de uma vala de irrigação com a capacidade de assistir vinte hectares de terras aráveis.

Na sua intervenção, Cidália Gomes enalteceu o empenho do Governo local na materialização, de forma eficiente, do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e do Programa de Combate à Pobreza, sustentado com a construção de infra-estruturas sociais, visando reduzir as assimetrias.

Já a administradora adjunta do município da Caála para área Social, Política e das Comunidades, Umbelina Maria, enalteceu a parceria da ADRA, lembrando que a administração local está a fazer a distribuição, desde Março deste ano, de sementes melhoradas de milho, hortícolas e fertilizantes aos camponesas vulneráveis,

No município da Caála, um dos 11 que compõeM a província do Huambo, a ADRA apoia dez associações e oito cooperativas agrícolas, constituídas por 544 beneficiários directos e dois mil e 361 indirectos.

 

A informação foi avançada, esta sexta-feira, pela directora desta organização na província do Huambo, Cidália Gomes, durante o XV encontro das comunidades do município da Caála, que avaliou o grau de execução dos projectos traçados pela ADRA, no período 2020/2021.

Conforme a responsável, os animais foram distribuídos gratuitamente a 270 camponeses filiados em cooperativas e associações sedeadas nas comunas da Catata e Cuima, visando o aumento da renda económica das famílias.

Paralelamente, Cidália Gomes disse que a organização distribuiu ainda sementes de batata-rena, soja, feijão, cebola, pimenta, repolho, tomate e de mandioca, para além de charruas e de fertilizantes.  

Disse que a ADRA disponibilizou, igualmente, quatro milhões, 405 mil e 300 Kwanzas para o reforço das caixas comunitárias (instituição não-bancaria na aldeia), para ajudar as finanças de quatro cooperativas agrícolas, num total de 138 beneficiários.

Lembrou que os camponeses beneficiaram ainda de três mil fruteiras de laranjeiras, tangerineiras e limoeiros, incluindo a reabilitação de uma vala de irrigação com a capacidade de assistir vinte hectares de terras aráveis.

Na sua intervenção, Cidália Gomes enalteceu o empenho do Governo local na materialização, de forma eficiente, do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM) e do Programa de Combate à Pobreza, sustentado com a construção de infra-estruturas sociais, visando reduzir as assimetrias.

Já a administradora adjunta do município da Caála para área Social, Política e das Comunidades, Umbelina Maria, enalteceu a parceria da ADRA, lembrando que a administração local está a fazer a distribuição, desde Março deste ano, de sementes melhoradas de milho, hortícolas e fertilizantes aos camponesas vulneráveis,

No município da Caála, um dos 11 que compõeM a província do Huambo, a ADRA apoia dez associações e oito cooperativas agrícolas, constituídas por 544 beneficiários directos e dois mil e 361 indirectos.