Catabola ganha centro de serviços agrícolas

Catabola - Um centro de processamento e armazenamento de produtos agrícolas, com capacidade de 60 toneladas, foi inaugurado hoje, na sede municipal de Catabola, província do Bié, pelo ministro da Agricultura e Pescas, António Francisco de Assis.

A infra-estrutura foi construída no âmbito do projecto de desenvolvimento da agricultura familiar e comercialização (MOSAP II) e visa incentivar o aumento da produção local e o bem-estar dos agricultores.

Teve financiamento do Banco Mundial, avaliado em 21 milhões de kwanzas.

Presenciaram o acto o governador provincial do Bié, Pereira Alfredo, e o director-geral do Banco Mundial em África, Jean Christophe

O empreendimento vai processar e armazenar as culturas de milho, feijão, batata rena e doce.

Na ocasião, a administradora municipal de Catabola, Alcida de Jesus Camateli, afirmou que a nível local vai se trabalhar no sentido de aumentar a produção de diversas culturas, principalmente do feijão manteiga, considerado bandeira da região.

A província do Bié conta com três centros, distribuídos nos municípios Catabola, Camacupa, Chinguar e um outro em fase conclusiva na municipalidade da Nhãrea.

A infra-estrutura foi construída no âmbito do projecto de desenvolvimento da agricultura familiar e comercialização (MOSAP II) e visa incentivar o aumento da produção local e o bem-estar dos agricultores.

Teve financiamento do Banco Mundial, avaliado em 21 milhões de kwanzas.

Presenciaram o acto o governador provincial do Bié, Pereira Alfredo, e o director-geral do Banco Mundial em África, Jean Christophe

O empreendimento vai processar e armazenar as culturas de milho, feijão, batata rena e doce.

Na ocasião, a administradora municipal de Catabola, Alcida de Jesus Camateli, afirmou que a nível local vai se trabalhar no sentido de aumentar a produção de diversas culturas, principalmente do feijão manteiga, considerado bandeira da região.

A província do Bié conta com três centros, distribuídos nos municípios Catabola, Camacupa, Chinguar e um outro em fase conclusiva na municipalidade da Nhãrea.