Ex-militares beneficiam de gado bovino

  • Gado bovino na localidade do Cabo Catanda na Lunda Sul
Dala - As cooperativas agrícolas de ex-militares do município do Dala, província da Lunda Sul, beneficiaram hoje de 20 cabeças de gado e charruas para o fomento da actividade agrícola, numa iniciativa da administração local.

A cerimónia de entrega de material agrícola, testemunhada pelo governador provincial, Daniel Neto, enquadra-se nas festividades do 53º aniversário do Dala, assinalado a 16 do corrente mês, data em que foi elevada à categoria de vila.

Foram igualmente entregue kits para o fomento do empreendedorismo, como recauchutagem, arcas, geradores, chapas de zinco e material agrícola, como catanas, enxadas e sementes, para a associação da mulher camponesa.

O administrador municipal do Dala, Zeca Lote Montinho, disse que os novos equipamentos vão facilitar os agricultores a aumentarem a produção e melhorarem a qualidade de vida das respectivas famílias.

Apelou os camponeses a apostarem seriamente na produção agrícola, para contribuírem no combate à fome e à pobreza e garantirem a segurança alimentar e nutricional das comunidades em que residem.

Garantiu mais apoios aos camponeses, com destaque a sementes, para diversificar a produção, material do campo, formação e mecanização da terra.

Por seu turno, o governador da Lunda Sul, Daniel Neto, disse que o governo tem em carteira vários projectos de impacto social para o município, que passam pela construção de infra-estruturas escolares e hospitalares, vias terciárias, reabilitação de passeios, no quadro do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).  

No quadro do 53º aniversário, a Administração Municipal do Dala realizou uma feira agro-pecuária, onde estiveram expostos vários produtos produzidos na região.

O município do Dala conta com as comunas de Dala, Cazage e Luma-Cassai e tem uma população estimada em 34 mil 125 habitantes, maioritariamente camponeses.

A cerimónia de entrega de material agrícola, testemunhada pelo governador provincial, Daniel Neto, enquadra-se nas festividades do 53º aniversário do Dala, assinalado a 16 do corrente mês, data em que foi elevada à categoria de vila.

Foram igualmente entregue kits para o fomento do empreendedorismo, como recauchutagem, arcas, geradores, chapas de zinco e material agrícola, como catanas, enxadas e sementes, para a associação da mulher camponesa.

O administrador municipal do Dala, Zeca Lote Montinho, disse que os novos equipamentos vão facilitar os agricultores a aumentarem a produção e melhorarem a qualidade de vida das respectivas famílias.

Apelou os camponeses a apostarem seriamente na produção agrícola, para contribuírem no combate à fome e à pobreza e garantirem a segurança alimentar e nutricional das comunidades em que residem.

Garantiu mais apoios aos camponeses, com destaque a sementes, para diversificar a produção, material do campo, formação e mecanização da terra.

Por seu turno, o governador da Lunda Sul, Daniel Neto, disse que o governo tem em carteira vários projectos de impacto social para o município, que passam pela construção de infra-estruturas escolares e hospitalares, vias terciárias, reabilitação de passeios, no quadro do Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM).  

No quadro do 53º aniversário, a Administração Municipal do Dala realizou uma feira agro-pecuária, onde estiveram expostos vários produtos produzidos na região.

O município do Dala conta com as comunas de Dala, Cazage e Luma-Cassai e tem uma população estimada em 34 mil 125 habitantes, maioritariamente camponeses.