Famílias camponesas incentivadas a apostar na agricultura

Muconda – Mais de uma centena de famílias residentes nas aldeias do Donji Chiena, Chicunga, Muatxikuata e Mwenetxokwe, município do Muconda (Lunda Sul), foram incentivadas a apostar na agricultura e criação de animais, com vista a contribuírem no aumento de alimentos e diminuir a fome e a pobreza.

O apelo foi feito pelo primeiro secretário provincial do MPLA na Lunda Sul, Daniel Neto, no quadro de uma visita de auscultação efectuada esta sexta-feira, a tais localidades, onde deixou material do campo, sementes, bens alimentares diversos e desportivos.

Por sua vez, os habitantes das mesmas localidades solicitaram a intervenção do partido, junto do Executivo, para reabilitarem as vias de acesso, com vista a permitir maior circulação de pessoas e bens.

Segundo o regedor do bairro Donji Chiena, Elias Donji, o mau estado das vias tem causado graves problemas no escoamento do excedente do campo para a cidade, já que alguns produtos degradam-se.

Solicitou ainda a implementação dos serviços de telefonia móvel, transporte público, energia e água, bem como aumento de professores e enfermeiros nas localidades.

Em resposta, Daniel Neto disse que as preocupações apresentadas pelas autoridades tradicionais e a população serão resolvidas, paulatinamente, e estão enquadradas em vários programas de desenvolvimento.

Quando ao posicionamento do partido nestas localidades, o politico mostrou-se satisfeito com a organização e coesão dos militantes, realçando que deste modo, será possível ultrapassar todas as adversidades nos pleitos eleitorais que se aproximam.

O município do Muconda, que dista a 191 quilómetros a nordeste da cidade de Saurimo, tem mais de 30 mil habitantes, distribuídos pelas comunas de Chiluange, Cassai Sul, Muriege e Muconda (sede comunal).

         

      

 

O apelo foi feito pelo primeiro secretário provincial do MPLA na Lunda Sul, Daniel Neto, no quadro de uma visita de auscultação efectuada esta sexta-feira, a tais localidades, onde deixou material do campo, sementes, bens alimentares diversos e desportivos.

Por sua vez, os habitantes das mesmas localidades solicitaram a intervenção do partido, junto do Executivo, para reabilitarem as vias de acesso, com vista a permitir maior circulação de pessoas e bens.

Segundo o regedor do bairro Donji Chiena, Elias Donji, o mau estado das vias tem causado graves problemas no escoamento do excedente do campo para a cidade, já que alguns produtos degradam-se.

Solicitou ainda a implementação dos serviços de telefonia móvel, transporte público, energia e água, bem como aumento de professores e enfermeiros nas localidades.

Em resposta, Daniel Neto disse que as preocupações apresentadas pelas autoridades tradicionais e a população serão resolvidas, paulatinamente, e estão enquadradas em vários programas de desenvolvimento.

Quando ao posicionamento do partido nestas localidades, o politico mostrou-se satisfeito com a organização e coesão dos militantes, realçando que deste modo, será possível ultrapassar todas as adversidades nos pleitos eleitorais que se aproximam.

O município do Muconda, que dista a 191 quilómetros a nordeste da cidade de Saurimo, tem mais de 30 mil habitantes, distribuídos pelas comunas de Chiluange, Cassai Sul, Muriege e Muconda (sede comunal).