Samba Lucala projecta oito mil toneladas de milho

  • Produção de milho (Foto ilustração)
Ndalatando – Cinco mil hectares estão preparados para o cultivo de milho, soja e massango, destinados à produção de raça, na fazenda Samba Lucala, no município do Samba Caju, na campanha agrícola 2021/2022.

A fazenda, da empresa de Mecanização Agrícola (Gesterra), prevê produzir oito mil toneladas de milho, com a instalação de um novo sistema de irrigação.

Na campanha agrícola anterior, a empresa produziu quatro mil toneladas de milho e cerca de duas mil de soja,  também para a produção de ração.

O responsável da Fazenda, Julião António, informou que os cereais são, essencialmente, comercializados a empresas vocacionadas ao fabrico de ração e criação de aves, assim como gado.

A Fazenda, informou, está também a produzir a crotalária, uma planta para a fertilização de solos e reposição de nitrogénio, que assegura o desenvolvimento das plantas.

A fazenda Lucalagro, localizada no município do Lucala, esta a apostar também no cultivo de milho e soja, para ração, numa área de 1000 hectares.

A  ração, de acordo com o responsável da fazenda, Mário Rocha, destina-se à engorda de mais de 700 cabeças de gado bovino da empresa, no quadro de um projecto de produção e comercialização de carne.

A Lucalagro tem, há dois meses, no município do Lucala, uma fábrica com capacidade para produzir 20 toneladas de ração/hora.

A fazenda, da empresa de Mecanização Agrícola (Gesterra), prevê produzir oito mil toneladas de milho, com a instalação de um novo sistema de irrigação.

Na campanha agrícola anterior, a empresa produziu quatro mil toneladas de milho e cerca de duas mil de soja,  também para a produção de ração.

O responsável da Fazenda, Julião António, informou que os cereais são, essencialmente, comercializados a empresas vocacionadas ao fabrico de ração e criação de aves, assim como gado.

A Fazenda, informou, está também a produzir a crotalária, uma planta para a fertilização de solos e reposição de nitrogénio, que assegura o desenvolvimento das plantas.

A fazenda Lucalagro, localizada no município do Lucala, esta a apostar também no cultivo de milho e soja, para ração, numa área de 1000 hectares.

A  ração, de acordo com o responsável da fazenda, Mário Rocha, destina-se à engorda de mais de 700 cabeças de gado bovino da empresa, no quadro de um projecto de produção e comercialização de carne.

A Lucalagro tem, há dois meses, no município do Lucala, uma fábrica com capacidade para produzir 20 toneladas de ração/hora.