MCTA quer utilização sustentável dos recursos do planeta

  • Uma zona ideal de reprodução animal e vegetal em Angola
Luanda – O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente (MCTA) destacou, nesta quinta-feira, em Luanda, a necessidade da conservação do equilíbrio ambiental e a utilização sustentável dos recursos do planeta, por serem factores fundamentais para satisfazer as necessidades actuais e das gerações vindouras. 

Segundo uma nota ministerial enviada à ANGOP, por ocasião do Dia Mundial do Planeta Terra, que assinala-se hoje, o departamento ministerial adianta que as actividades humanas têm acelerado as alterações naturais da terra, modificado o clima, as características dos solos, da água e outros componentes importantes à sua sobrevivência.

Por esse motivo, chama a atenção para a extrema dependência entre os seres humanos e o equilíbrio ecológico do planeta, em relação às graves pressões que as actividades humanas estão a exercer sobre esse mesmo equilíbrio.

O MCTA avança que a efeméride serve para reforçar as acções de sensibilização das populações na adopção de boas práticas ambientais, na óptica de preservação e protecção ambiental, com vista a garantir a qualidade ambiental desejável.

O programa de actividades reserva, até ao dia 30 do mês em curso, workshops, plantação de árvores, campanhas de sensibilização.

Neste ano a data celebra-se sob o lema “Fortalecer a Acção Ambiental para o Alcance dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável”, instituído pela Assembleia das Nações Unidas.

 

Segundo uma nota ministerial enviada à ANGOP, por ocasião do Dia Mundial do Planeta Terra, que assinala-se hoje, o departamento ministerial adianta que as actividades humanas têm acelerado as alterações naturais da terra, modificado o clima, as características dos solos, da água e outros componentes importantes à sua sobrevivência.

Por esse motivo, chama a atenção para a extrema dependência entre os seres humanos e o equilíbrio ecológico do planeta, em relação às graves pressões que as actividades humanas estão a exercer sobre esse mesmo equilíbrio.

O MCTA avança que a efeméride serve para reforçar as acções de sensibilização das populações na adopção de boas práticas ambientais, na óptica de preservação e protecção ambiental, com vista a garantir a qualidade ambiental desejável.

O programa de actividades reserva, até ao dia 30 do mês em curso, workshops, plantação de árvores, campanhas de sensibilização.

Neste ano a data celebra-se sob o lema “Fortalecer a Acção Ambiental para o Alcance dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável”, instituído pela Assembleia das Nações Unidas.