1.º de Agosto provisoriamente no grupo D da Taça da Confederação

  • Jogador do 1º de Agosto
Luanda - O 1.º de Agosto está inserido provisoriamente no grupo D da Taça da Confederação Africana em futebol, de acordo com o sorteio recentemente realizado no Egipto.

O tetracampeão angolano está emparceirado com o Namungo da Tanzânia, com quem disputou a qualificação à fase de grupos, enquanto aguarda-se pelo desfecho do protesto que apresentou à CAF.

Depois do veredicto, apenas uma das equipas permanecerá no grupo D, ao lado do Raja de Casablanca do Marrocos, Pyramids do Egipto e Nkana FC da Zâmbia.

Com cinco jogadores alegadamente positivos ao teste da Covid-19 na primeira mão e dois na segunda, o 1.º de Agosto perdeu um confronto por 2-6 e venceu o outro por 3-1, ambos disputados em Dar es Salaam.

Sem a intervenção da CAF em seu favor, com este resultado o representante angolano está eliminado.

Os “rubro-negro” protestaram ambos os jogos, justificando falsidade nos resultados, uma vez que, ainda na Tanzânia, recorreu-se a outros centros oficiais para testagem, cujos resultados foram negativos.

Outros grupos

Grupo A - Enyimba FC da Nigéria, ES Setif da Argélia, Orlando Pirates da África do Sul e Ahli Benghazi da Líbia

Grupo B - RS Berkane  de Marrocos, JS Kabylie  da  Argélia, Coton Sport  dos Camarões e NAPSA Stars da Zâmbia.

Grupo C - CS Sfaxien da Tunísia, Salitas FC do Burkina Faso, ASC Les Jaraaf  do Senegal e  uma dessas duas formações  Etoile du Sahel Tunísia e  Young Buffaloes do Eswatini.

 

O tetracampeão angolano está emparceirado com o Namungo da Tanzânia, com quem disputou a qualificação à fase de grupos, enquanto aguarda-se pelo desfecho do protesto que apresentou à CAF.

Depois do veredicto, apenas uma das equipas permanecerá no grupo D, ao lado do Raja de Casablanca do Marrocos, Pyramids do Egipto e Nkana FC da Zâmbia.

Com cinco jogadores alegadamente positivos ao teste da Covid-19 na primeira mão e dois na segunda, o 1.º de Agosto perdeu um confronto por 2-6 e venceu o outro por 3-1, ambos disputados em Dar es Salaam.

Sem a intervenção da CAF em seu favor, com este resultado o representante angolano está eliminado.

Os “rubro-negro” protestaram ambos os jogos, justificando falsidade nos resultados, uma vez que, ainda na Tanzânia, recorreu-se a outros centros oficiais para testagem, cujos resultados foram negativos.

Outros grupos

Grupo A - Enyimba FC da Nigéria, ES Setif da Argélia, Orlando Pirates da África do Sul e Ahli Benghazi da Líbia

Grupo B - RS Berkane  de Marrocos, JS Kabylie  da  Argélia, Coton Sport  dos Camarões e NAPSA Stars da Zâmbia.

Grupo C - CS Sfaxien da Tunísia, Salitas FC do Burkina Faso, ASC Les Jaraaf  do Senegal e  uma dessas duas formações  Etoile du Sahel Tunísia e  Young Buffaloes do Eswatini.