Covid-19 afasta Fineza Eusébio do Afrobasket2021

  • Fineza Eusébio fora do Afrobasket
Luanda - A base do 1º de Agosto, Fineza Eusébio, foi afastada das 12 jogadoras da selecção angolana de basquetebol sénior feminina, que participará no Campeonato Africano (Afrobasket2021), a ser disputado de 17 a 29 de Setembro, em Yaoundé, nos Camarões.

Razão de acusar teste positivo ao Covid-19, antes do embarque da equipa hoje, terça-feira, para o país da competição, está no cerne da decisão, segundo o seleccionador Walter Costa, em declarações à imprensa.     

A capitã do conjunto, que não embarcou com as demais colegas, foi determinante na selecção nacional que conquistou os títulos do Afrobasket de 2011 (Mali) e de 2013 (Moçambique).

A sua ausência constitui uma baixa no combinado angolano que figura no grupo B com Moçambique, adversária de estreia (dia 19 deste mês) e Nigéria, com quem encerra à fase de grupo, no dia 20.  

Em função disso, seguiram viagem as bases Italee Lucas, Regina Pequena, as extremas Rosimira Daniel, Rosa Gala, Clarisse Mpaka, Ana Gonçalves, as extremas postes Avelina Peso, Nadir Manuel, Whitney Miguel e as postes Cristina Matiquite e Angelina Golombe.

Entre os objectivos, o treinador acrescentou a luta pela melhoria do quinto lugar ocupado na edição de 2019, em Dakar (Senegal), que consagrou a Nigéria como a campeã.

 

 

Razão de acusar teste positivo ao Covid-19, antes do embarque da equipa hoje, terça-feira, para o país da competição, está no cerne da decisão, segundo o seleccionador Walter Costa, em declarações à imprensa.     

A capitã do conjunto, que não embarcou com as demais colegas, foi determinante na selecção nacional que conquistou os títulos do Afrobasket de 2011 (Mali) e de 2013 (Moçambique).

A sua ausência constitui uma baixa no combinado angolano que figura no grupo B com Moçambique, adversária de estreia (dia 19 deste mês) e Nigéria, com quem encerra à fase de grupo, no dia 20.  

Em função disso, seguiram viagem as bases Italee Lucas, Regina Pequena, as extremas Rosimira Daniel, Rosa Gala, Clarisse Mpaka, Ana Gonçalves, as extremas postes Avelina Peso, Nadir Manuel, Whitney Miguel e as postes Cristina Matiquite e Angelina Golombe.

Entre os objectivos, o treinador acrescentou a luta pela melhoria do quinto lugar ocupado na edição de 2019, em Dakar (Senegal), que consagrou a Nigéria como a campeã.