Albano César afastado da equipa principal do Cuando Cubango FC

  • Treinador Albano César
Luanda - A direcção do Cuando Cubango FC demitiu Albano César como treinador da equipa de futebol, por alegados maus resultados, numa altura em que ocupa a 9ª posição no campeonato nacional da primeira divisão "Girabola", com 14 pontos.

O presidente da colectividade, Atanásio Lucas José, que confirmou o facto segunda-feira à Rádio 5, anunciou a contratação de Hélder Teixeira para o cargo.

O novo técnico começou a trabalhar nesse mesmo dia, treinando a equipa no estádio dos Eucaliptos, recinto emprestado na cidade do Cuíto, província do Bié.

O responsável afirmou que, apesar de a equipa ter começado bem a primeira volta do campeonato, seguiu-se uma onda de empates que levou a direcção do clube a fazer alterações no comando técnico.

No fim-de-semana, o Cuando Cubango FC venceu a Académica do Lobito por 2-0, em jogo da 14 ª jornada do Girabola.

Albano César coordena agora os escalões de base da agremiação, de acordo com o dirigente.

É o quinto treinador demitido nesta época futebolística, depois dos afastamentos do espanhol Toni Cosano (Petro de Luanda) e dos angolanos André Makanga (Desportivo da Huíla), João Pintar (Williete de Benguela) e Manuel Martins (Baixa de Cassanje). 

O presidente da colectividade, Atanásio Lucas José, que confirmou o facto segunda-feira à Rádio 5, anunciou a contratação de Hélder Teixeira para o cargo.

O novo técnico começou a trabalhar nesse mesmo dia, treinando a equipa no estádio dos Eucaliptos, recinto emprestado na cidade do Cuíto, província do Bié.

O responsável afirmou que, apesar de a equipa ter começado bem a primeira volta do campeonato, seguiu-se uma onda de empates que levou a direcção do clube a fazer alterações no comando técnico.

No fim-de-semana, o Cuando Cubango FC venceu a Académica do Lobito por 2-0, em jogo da 14 ª jornada do Girabola.

Albano César coordena agora os escalões de base da agremiação, de acordo com o dirigente.

É o quinto treinador demitido nesta época futebolística, depois dos afastamentos do espanhol Toni Cosano (Petro de Luanda) e dos angolanos André Makanga (Desportivo da Huíla), João Pintar (Williete de Benguela) e Manuel Martins (Baixa de Cassanje).