Andebol: Eleitos vinte jogadores para mundial do Egipto

  • Seleccionador nacional sénior masculino de andebol, José Pereira “ Kido“
Luanda - Os vinte jogadores que vão representar a selecção nacional sénior masculina de Andebol no 27º Campeonato do Mundo, que decorrerá no Egipto de 14 a 31 do corrente mês, estão já definidos, após a última triagem hoje (segunda-feira), com quatro dispensados.

Assim, os representantes de Angola nessa montra desportiva são: Geovanni Muachissengue, Custódio Gouveia, Ariel Silva (Guarda-Redes), Gabriel Teca, Jaroslav Aguiar, Agnelo Quitongo( Pivots), Claudio Lopes, Rome Hebo, Manuel Nascimento ( Centrais),  Claudio Chicola e Otoniel Pascoal ( Pontas Direito).

A lista definitiva do combinado nacional integra ainda Adilson Maneco, Mayomona Panzo (Pontas esquerdo), Elias António, Feliciano Couveiro, Adelino Pestana, Edgar Abreu (Laterais Direito), Mario Tati, Edvaldo Ferreira e Ruben José ( Laterais esquerdo).

De fora ficaram Declerk Sibo, Agostinho Lopes, Manuel Domingos e Felix Samassolo, que ainda participaram da última sessão de treinos, realizada esta noite, no pavilhão Dream Space, onde minutos antes a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do  Sacramento Neto, fez a entrega oficial da bandeira nacional.

A delegação angolana na prova será chefiada pela vice-presidente desportiva da federação nacional da modalidade, Nair Almeida.

Angola está no grupo C, com as selecções do Japão, Croácia e Qatar, sendo este último adversário de estreia, sexta-feira.

O “sete nacional” que teve durante 24 dias na cidade do Lubango, a estagiar, efectuou apenas treinos e sem qualquer jogo de preparação. O mesmo segue, esta terça-feira (dia 12), para o palco da competição, fazendo a rota Luanda- Dubai-Cairo.

Na sua última participação, em 2019, no campeonato co-organizado pela Dinamarca e Alemanha, a selecção de Angola classificou-se na 23ª posição, numa prova que contou com 24 equipas.

Assim, os representantes de Angola nessa montra desportiva são: Geovanni Muachissengue, Custódio Gouveia, Ariel Silva (Guarda-Redes), Gabriel Teca, Jaroslav Aguiar, Agnelo Quitongo( Pivots), Claudio Lopes, Rome Hebo, Manuel Nascimento ( Centrais),  Claudio Chicola e Otoniel Pascoal ( Pontas Direito).

A lista definitiva do combinado nacional integra ainda Adilson Maneco, Mayomona Panzo (Pontas esquerdo), Elias António, Feliciano Couveiro, Adelino Pestana, Edgar Abreu (Laterais Direito), Mario Tati, Edvaldo Ferreira e Ruben José ( Laterais esquerdo).

De fora ficaram Declerk Sibo, Agostinho Lopes, Manuel Domingos e Felix Samassolo, que ainda participaram da última sessão de treinos, realizada esta noite, no pavilhão Dream Space, onde minutos antes a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula do  Sacramento Neto, fez a entrega oficial da bandeira nacional.

A delegação angolana na prova será chefiada pela vice-presidente desportiva da federação nacional da modalidade, Nair Almeida.

Angola está no grupo C, com as selecções do Japão, Croácia e Qatar, sendo este último adversário de estreia, sexta-feira.

O “sete nacional” que teve durante 24 dias na cidade do Lubango, a estagiar, efectuou apenas treinos e sem qualquer jogo de preparação. O mesmo segue, esta terça-feira (dia 12), para o palco da competição, fazendo a rota Luanda- Dubai-Cairo.

Na sua última participação, em 2019, no campeonato co-organizado pela Dinamarca e Alemanha, a selecção de Angola classificou-se na 23ª posição, numa prova que contou com 24 equipas.