Guarda-redes Muachissengue único totalista em mundiais

  • Selecção angolana de andebol em estágio na Huíla
Luanda - O guarda-redes e capitão da selecção nacional sénior masculina de andebol, Geovani Muachissengue, é o único totalista da equipa angolana em campeonatos do mundo da categoria, com a sua quinta presença este ano, no Egipto.

Iniciado no Grupo Desportivo da Banca, o atleta milita actualmente no 1º de Agosto e acumula já 315 internacionalizações, desde competições africanas, mundiais e outros torneios além fronteira.

A experiência acumulada ao longo do tempo, sobretudo nas copas do mundo de 2005, na Tunísia, 2007 (Alemanha), 2017 (França) e 2019, na co-organização Alemanha/Dinamarca, confere-lhe alguma segurança ao grupo.

Nesta 27ª edição, cujo primeiro jogo acontece sexta-feira frente ao Qatar, a selecção nacional tem três estreantes, nomeadamente Ariel Silva (guarda-redes), Rúben José (lateral esquerdo) e Mayomona Panzo (ponta esquerdo).

Eis os vinte seleccionados: Geovanni Muachissengue, Custódio Gouveia, Ariel Silva (guarda-redes), Gabriel Teca, Jaroslav Aguiar, Agnelo Quitongo (pivot’s), Claudio Lopes, Rome Hebo, Manuel Nascimento (centrais), Claudio Chicola e Otoniel Pascoal (pontas direito).

Adilson Maneco, Mayomona Panzo (pontas esquerdo), Elias António, Feliciano Couveiro, Adelino Pestana, Edgar Abreu (laterais direito), Mário Tati, Edvaldo Ferreira e Ruben José (laterais esquerdo).

Angola está inserida no grupo C, onde, além do Qatar, defronta a Croácia e o Japão.

Iniciado no Grupo Desportivo da Banca, o atleta milita actualmente no 1º de Agosto e acumula já 315 internacionalizações, desde competições africanas, mundiais e outros torneios além fronteira.

A experiência acumulada ao longo do tempo, sobretudo nas copas do mundo de 2005, na Tunísia, 2007 (Alemanha), 2017 (França) e 2019, na co-organização Alemanha/Dinamarca, confere-lhe alguma segurança ao grupo.

Nesta 27ª edição, cujo primeiro jogo acontece sexta-feira frente ao Qatar, a selecção nacional tem três estreantes, nomeadamente Ariel Silva (guarda-redes), Rúben José (lateral esquerdo) e Mayomona Panzo (ponta esquerdo).

Eis os vinte seleccionados: Geovanni Muachissengue, Custódio Gouveia, Ariel Silva (guarda-redes), Gabriel Teca, Jaroslav Aguiar, Agnelo Quitongo (pivot’s), Claudio Lopes, Rome Hebo, Manuel Nascimento (centrais), Claudio Chicola e Otoniel Pascoal (pontas direito).

Adilson Maneco, Mayomona Panzo (pontas esquerdo), Elias António, Feliciano Couveiro, Adelino Pestana, Edgar Abreu (laterais direito), Mário Tati, Edvaldo Ferreira e Ruben José (laterais esquerdo).

Angola está inserida no grupo C, onde, além do Qatar, defronta a Croácia e o Japão.