Angola busca consolidação da hegemonia em Yaoundé

Luanda – A Selecção Nacional sénior feminina de andebol inicia quarta-feira a busca do 14º título e a consolidação da hegemonia continental na 24ª edição do Campeonato Africano, que a cidade camaronesa de Yaoundé alberga, de 08 a 18 deste mês.

Efectivamente, dos 23 campeonatos africanos já disputados, Angola venceu 13, oito dos quais de forma consecutiva. A última façanha aconteceu em 2018.

A segunda formação com mais títulos é o Congo (4), curiosamente, adversária de Angola no grupo C do presente campeonato, com a qual fecha a fase inicial às 18 horas do dia 13.

Além das medalhas de ouro, o sete nacional obteve um segundo lugar, em 1991, no Egipto, e um terceiro no Benim, em 1996, perfazendo um total de 15 subidas ao pódio, desde o início da competição em 1974, um ano antes da proclamação da Independência de Angola.

Após a desistência da Argélia, que nunca logrou conquistar a Taça, Angola deve lutar para a primeira posição do grupo C com o Congo. O estreante Cabo Verde procura ganhar experiência na competição, segundo a seleccionadora Ana Seabra, antiga praticante portuguesa.

A selecção do arquipélago tem ambições muito modestas, já que o seu objectivo é preparar-se para os próximos quatro anos. A missão inicia quarta-feira quando defrontar Angola, às 16 horas, no Palácio dos Desportos de Yaoundé.

Em função da desistência da Argélia, a Confederação Africana (CAHB) redefiniu o calendário de jogos. Na fase preliminar serão disputadas 15 partidas, contra as 18 inicialmente previstas.

O CAN é qualificativo ao Campeonato do Mundo, a ser jogado em Espanha, em Dezembro próximo.

Calendário da primeira fase:

Terça-feira (dia 8)

Nigéria/RDC (14H00 grupo - B)
Cerimónia de abertura (17h00)
Camarões/Quénia (18h00 - B)

Quarta-feira (9)

Senegal/Madagáscar (14h00 - A)
ANGOLA/ Cabo Verde (16h00 - C)
Tunísia/Guiné (18h00 - A)

Quinta-feira (10)

RDC/Quénia (16h00 - B)
Camarões/Nigéria (18h00 - B)

Sexta-feira (11)

Madagáscar /Tunísia (14h00 - A)
Cabo Verde/ Congo (16h00 - C)

Guiné/Senegal (18h00 - A)

Sábado (12)

Nigéria/Quénia (16h000 - B)
RDC/Camarões (18h00 - A)

Domingo  (13)

Guiné/Madagáscar ( 14h00 - A)
Senegal/Tunísia (16h00 - A)
Angola/Congo (18h00 - C)
 

Efectivamente, dos 23 campeonatos africanos já disputados, Angola venceu 13, oito dos quais de forma consecutiva. A última façanha aconteceu em 2018.

A segunda formação com mais títulos é o Congo (4), curiosamente, adversária de Angola no grupo C do presente campeonato, com a qual fecha a fase inicial às 18 horas do dia 13.

Além das medalhas de ouro, o sete nacional obteve um segundo lugar, em 1991, no Egipto, e um terceiro no Benim, em 1996, perfazendo um total de 15 subidas ao pódio, desde o início da competição em 1974, um ano antes da proclamação da Independência de Angola.

Após a desistência da Argélia, que nunca logrou conquistar a Taça, Angola deve lutar para a primeira posição do grupo C com o Congo. O estreante Cabo Verde procura ganhar experiência na competição, segundo a seleccionadora Ana Seabra, antiga praticante portuguesa.

A selecção do arquipélago tem ambições muito modestas, já que o seu objectivo é preparar-se para os próximos quatro anos. A missão inicia quarta-feira quando defrontar Angola, às 16 horas, no Palácio dos Desportos de Yaoundé.

Em função da desistência da Argélia, a Confederação Africana (CAHB) redefiniu o calendário de jogos. Na fase preliminar serão disputadas 15 partidas, contra as 18 inicialmente previstas.

O CAN é qualificativo ao Campeonato do Mundo, a ser jogado em Espanha, em Dezembro próximo.

Calendário da primeira fase:

Terça-feira (dia 8)

Nigéria/RDC (14H00 grupo - B)
Cerimónia de abertura (17h00)
Camarões/Quénia (18h00 - B)

Quarta-feira (9)

Senegal/Madagáscar (14h00 - A)
ANGOLA/ Cabo Verde (16h00 - C)
Tunísia/Guiné (18h00 - A)

Quinta-feira (10)

RDC/Quénia (16h00 - B)
Camarões/Nigéria (18h00 - B)

Sexta-feira (11)

Madagáscar /Tunísia (14h00 - A)
Cabo Verde/ Congo (16h00 - C)

Guiné/Senegal (18h00 - A)

Sábado (12)

Nigéria/Quénia (16h000 - B)
RDC/Camarões (18h00 - A)

Domingo  (13)

Guiné/Madagáscar ( 14h00 - A)
Senegal/Tunísia (16h00 - A)
Angola/Congo (18h00 - C)