Angola estreia-se frente ao Japão no mundial  

  • Arquivo de um jogo de futsal de Angola (verm.)
Luanda - A selecção nacional de futsal defronta, terça-feira, a similar do Japão na primeira jornada do grupo E do 9º campeonato do mundo da modalidade, iniciado este domingo na Lituânia.

Aprazada para as 18:00, na cidade de Klaipeda, a partida marca a estreia de Angola numa prova do género, mercê do terceiro lugar alcançado no último campeonato africano, ganho por Marrocos.

Prevê-se que a equipa tecnicamente orientada por Rui Sampaio experimentará sérias dificuldades ante o tri-campeão asiático, cujo futebol apresentado é caracterizado, entre outros aspectos, por certa rapidez.

Atingir a segunda etapa da competição é um dos objectivos do conjunto angolano, num grupo que lhe reserva ainda jogos com o Paraguai, dia 18, e a Espanha, a 20 do corrente mês.

A selecção efectuou um estágio pré-competitivo em Portugal, onde realizou quatro jogos de controlo, tendo ganho um, frente a Venezuela, por 5-2, e perdido diante de Portugal (3-4), da Costa Rica (4-5) e Uzbequistão (3-5).

Participam no mundial, cujo termo está previsto para o dia 3 de Outubro, 24 selecções, sediadas nas cidades de Kaunas e Vilnius, além de Klaipeda.

O continente africano é igualmente representado por Marrocos e Egipto, enquanto o Brasil é o detentor do título.

 

Aprazada para as 18:00, na cidade de Klaipeda, a partida marca a estreia de Angola numa prova do género, mercê do terceiro lugar alcançado no último campeonato africano, ganho por Marrocos.

Prevê-se que a equipa tecnicamente orientada por Rui Sampaio experimentará sérias dificuldades ante o tri-campeão asiático, cujo futebol apresentado é caracterizado, entre outros aspectos, por certa rapidez.

Atingir a segunda etapa da competição é um dos objectivos do conjunto angolano, num grupo que lhe reserva ainda jogos com o Paraguai, dia 18, e a Espanha, a 20 do corrente mês.

A selecção efectuou um estágio pré-competitivo em Portugal, onde realizou quatro jogos de controlo, tendo ganho um, frente a Venezuela, por 5-2, e perdido diante de Portugal (3-4), da Costa Rica (4-5) e Uzbequistão (3-5).

Participam no mundial, cujo termo está previsto para o dia 3 de Outubro, 24 selecções, sediadas nas cidades de Kaunas e Vilnius, além de Klaipeda.

O continente africano é igualmente representado por Marrocos e Egipto, enquanto o Brasil é o detentor do título.