Selecções adaptadas de atletismo testam negativo à Covid-19

  • Regina Dumbo, velocista paralímpica no momento do teste de COVID-19
Luanda – Os integrantes das selecções nacionais masculina e feminina de atletismo adaptado testaram negativo à Covid-19, em exames efectuados nesta segunda-feira, em Luanda.

As selecções foram convocadas para participarem no Meeting Internacional de Atletismo Adaptado, a realizar-se de 14 a 22 de Março na Tunísia.

O trabalho de testagem foi realizado por duas técnicas do Ministério da Saúde, numa acção que envolveu sete atletas, seis atletas guias, três técnicos, pessoal administrativo do Comité Paralímpico Angolano, um jornalista da ANGOP e outro do Jornal de Angola.

O velocista José Chamoleia, ausente por razões desconhecidas pela equipa técnica, não fez o teste rápido, devendo faze-lo em próxima ocasião.

A partir desta segunda-feira o combinado nacional fica em regime concentrado na casa de estágio do CPA, na Centralidade do Sequele, em Cacuaco.

Os trabalhos, segundo o seleccionador nacional, José Manuel, decorrerão em sistema bi-diário alternadamente entre os estádios da Cidadela e Coqueiros.

Convocatória

José Chamoleia - T11, província do Huambo – deficiente visual total

Regina Dumbo (T11, Huambo)

Esperança Gicasso (T 11, Luanda)

Emeloide Adelino (T 11, Namibe)

Juliana Moko (T 11, Benguela)

Oliveira André (T 12, Malanje – deficiente visual parcial)

Manuel Jaime (T 46, Cuanza Sul – deficiente de um membro superior)

Atletas guias

Abel dos Santos (Cuanza Sul), Adão Soares (Malanje), José Hingombe (Namibe), Ngoy Pierere (Huambo), Márcio Neto  e Luís Manuel (ambos de Luanda).

Equipa técnica

José Manuel - técnico principal (Luanda ), Domingos Sapalo – adjunto (Huambo) e Constância Tomás – fisioterapeuta (Luanda)

As selecções foram convocadas para participarem no Meeting Internacional de Atletismo Adaptado, a realizar-se de 14 a 22 de Março na Tunísia.

O trabalho de testagem foi realizado por duas técnicas do Ministério da Saúde, numa acção que envolveu sete atletas, seis atletas guias, três técnicos, pessoal administrativo do Comité Paralímpico Angolano, um jornalista da ANGOP e outro do Jornal de Angola.

O velocista José Chamoleia, ausente por razões desconhecidas pela equipa técnica, não fez o teste rápido, devendo faze-lo em próxima ocasião.

A partir desta segunda-feira o combinado nacional fica em regime concentrado na casa de estágio do CPA, na Centralidade do Sequele, em Cacuaco.

Os trabalhos, segundo o seleccionador nacional, José Manuel, decorrerão em sistema bi-diário alternadamente entre os estádios da Cidadela e Coqueiros.

Convocatória

José Chamoleia - T11, província do Huambo – deficiente visual total

Regina Dumbo (T11, Huambo)

Esperança Gicasso (T 11, Luanda)

Emeloide Adelino (T 11, Namibe)

Juliana Moko (T 11, Benguela)

Oliveira André (T 12, Malanje – deficiente visual parcial)

Manuel Jaime (T 46, Cuanza Sul – deficiente de um membro superior)

Atletas guias

Abel dos Santos (Cuanza Sul), Adão Soares (Malanje), José Hingombe (Namibe), Ngoy Pierere (Huambo), Márcio Neto  e Luís Manuel (ambos de Luanda).

Equipa técnica

José Manuel - técnico principal (Luanda ), Domingos Sapalo – adjunto (Huambo) e Constância Tomás – fisioterapeuta (Luanda)