Eduardo Mingas chamado à última hora à selecção   

  • Basquetebolista Eduardo Mingas
Luanda - O poste Eduardo Mingas, do 1º de Agosto, foi chamado, à última hora, para integrar os trabalhos da selecção nacional de basquetebol que prepara a participação no torneio pré-olímpico da Lituânia, de 29 deste mês a 4 de Julho, e Afrobasket2021, soube-se hoje, em Luanda.

De 42 anos de idade, o “veterano” terá despertado a atenção ao seleccionador Josep Clarós aquando do jogo da final da Taça de Angola em que a sua equipa venceu o Interclube, por 100-98.

O técnico presenciou o desafio e esta sexta-feira o convocou, tendo definido como factores o respeito, consideração e gratidão pelo trabalho do experiente jogador, de acordo com o site da federação angolana da modalidade (FAB).

Apesar da idade, Mingas foi o atleta mais utilizado da sua equipa na final, com 43 minutos e 29 segundos em campo, tornando-se no segundo melhor marcador com 20 pontos (atrás de Pedro Bastos/23 pts), além de ter ainda 8 ressaltos, 3 assistências e 4 roubos de bola.  

A convocatória de Mingas acontece numa altura em que muito se fala da necessidade de renovação acentuada na selecção, tendo em conta o elevado número de jovens pré-seleccionados, alguns dos quais a evoluírem no exterior, mais concretamente no basquetebol universitário nos Estados Unidos da América.

A selecção trabalha desde o dia 1 deste mês, no pavilhão do Dream Space, em Viana, e tem viagem marcada para quarta-feira (dia 9) a Espanha, onde fará um estágio pré-competitivo de 15 dias, devendo efectuar jogos de controlo com as formações de Catalunia e Badalona.

O torneio de apuramento aos Jogos Olímpicos está previsto para o período de 29 de Junho a 4 de Julho, na cidade lituana de Caunas. Angola defrontará as congéneres da Polónia e Eslovénia.

Depois do afastamento de cinco atletas, eis os pré-seleccionados: Gerson Domingos, Childe Dundão, Gildo Santos, Pedro Bastos, Carlos Morais, Gelson Gonçalves, José António, Leonel Paulo, Selton Miguel, Edson Ndoniema, Malik Cissé, Rifen Miguel, Alexandre Jungo, Jonatão Ndjungo, Glofate Buimba, Aboubakar Gakou, Yanick Moreira, Valdelício Joaquim, Jone Pedro, Jilson Bango e Bruno Fernando.

Foram já preteridos Jacques da Conceição, Wilson Ambrósio, Juscelino Ricardo, Fidel Cabita e Melvyn da Silva.

De 42 anos de idade, o “veterano” terá despertado a atenção ao seleccionador Josep Clarós aquando do jogo da final da Taça de Angola em que a sua equipa venceu o Interclube, por 100-98.

O técnico presenciou o desafio e esta sexta-feira o convocou, tendo definido como factores o respeito, consideração e gratidão pelo trabalho do experiente jogador, de acordo com o site da federação angolana da modalidade (FAB).

Apesar da idade, Mingas foi o atleta mais utilizado da sua equipa na final, com 43 minutos e 29 segundos em campo, tornando-se no segundo melhor marcador com 20 pontos (atrás de Pedro Bastos/23 pts), além de ter ainda 8 ressaltos, 3 assistências e 4 roubos de bola.  

A convocatória de Mingas acontece numa altura em que muito se fala da necessidade de renovação acentuada na selecção, tendo em conta o elevado número de jovens pré-seleccionados, alguns dos quais a evoluírem no exterior, mais concretamente no basquetebol universitário nos Estados Unidos da América.

A selecção trabalha desde o dia 1 deste mês, no pavilhão do Dream Space, em Viana, e tem viagem marcada para quarta-feira (dia 9) a Espanha, onde fará um estágio pré-competitivo de 15 dias, devendo efectuar jogos de controlo com as formações de Catalunia e Badalona.

O torneio de apuramento aos Jogos Olímpicos está previsto para o período de 29 de Junho a 4 de Julho, na cidade lituana de Caunas. Angola defrontará as congéneres da Polónia e Eslovénia.

Depois do afastamento de cinco atletas, eis os pré-seleccionados: Gerson Domingos, Childe Dundão, Gildo Santos, Pedro Bastos, Carlos Morais, Gelson Gonçalves, José António, Leonel Paulo, Selton Miguel, Edson Ndoniema, Malik Cissé, Rifen Miguel, Alexandre Jungo, Jonatão Ndjungo, Glofate Buimba, Aboubakar Gakou, Yanick Moreira, Valdelício Joaquim, Jone Pedro, Jilson Bango e Bruno Fernando.

Foram já preteridos Jacques da Conceição, Wilson Ambrósio, Juscelino Ricardo, Fidel Cabita e Melvyn da Silva.